openSUSE 12.2 RC2: primeiras impressões


Nessa postagem descrevo as primeiras impressões que estou tendo com essa versão de desenvolvimento do openSUSE.

Autor: Fábio Farias

Dia 02 de agosto publiquei aqui uma notícia do lançamento da segunda versão release candidate do openSUSE 12.2 a ser lançado em setembro. Resolvi instalar no lugar do openSUSE principal que eu tinha, a versão 12.1, para testar como anda o desenvolvimento desta nova versão. E escolhi a instalação real, ao invés de usar uma máquina virtual, para ver detalhes sobre o desempenho do novo sistema e eis que para minha surpresa, as coisas já estão funcionando bem. Veja abaixo, uma lista com as impressões que tive até o momento.
Nota: são impressões muito particulares, que podem variar conforme a situação do usuário e pode ser que ainda não atenda a todas as expectativas.

Sobre o Sistema.

openSUSE 12.2 RC2 KDE instalação via DVD e com sistema de arquivos Btrfs para testar o recurso de snapshots.
Impressões.
  • openJDK e plugin para o navegador 100% operantes  (necessário para mim pois o e-mail de trabalho e site de banco dependem de aplicativo java)
  • flash-player funcional (ainda necessário mesmo com HTML5)
  • Pacote de programas em rpm que possuo todos instalados e operando normalmente sem necessidade de dependencias (a exceção é o DeVeDe, mas provavelmente quando os repositórios estiverem disponíveis essa dependencia será suprida). Esse é o ponto mais importante no meu caso.
  • Btrfs funcional e, para minha surpresa, suportou um desligamento incorreto, efetuando, no boot seguinte um fsck.btrfs -a /dev/sda3 (partição onde esse openSUSE está instalado) e o sistema iniciou normalmente. Claro que ainda não é seguro usá-lo em produção, mas dependendo de como ele se comportar até o lançamento final, pretendo mantê-lo por mais tempo em teste. O inconveniente é o fato de ter que manter o diretório /boot em uma partição separada formatada com outro sistema de arquivos.
  • Recurso de snapshots, testado com o Snapper, funcional, porém ainda um pouco confuso e com documentação sobre isso escassa. O Snapper é um módulo gráfico disponível no YaST para gerenciamento dos snapshots. Esse mesmo recurso também está diponível para gerenciamento via terminal.
  • Nova imagem do GRUB, conforme pode ser visto abaixo. Particularmente, achei muito bonita, mas sou suspeito para falar, afinal sou usuário dessa distro há anos.

Caso não tenha problemas vou mantê-lo instalado ate o lançamento da versão final.

Abraços!
Anúncios
openSUSE 12.2 RC2: primeiras impressões

7 comentários sobre “openSUSE 12.2 RC2: primeiras impressões

  1. E quanto ao desempenho Fábio, o que tu tem a dizer? Eu usei o btrfs no fedora 15 (ou 14, sei lá) e foi uma experiência péssima. Pra você ter uma ideia, o boot da minha máquina por causa de problemas relacionados com esse sistema de arquivos foi para 2 min! Daí não aguentei e voltei par ao ext4. Atualmente o tempo de boot no mesmo PC anda em 20s. Mas pode ser que o btrfs esteja bem melhor agora. Só não sei se tenho mais coragem de arriscar.. rsrs.

    Curtir

  2. Olá ElderOlha…lentidão no boot pelo menos não tem. No entanto não tenho muito como testar a fundo (cópias de arquivos grandes,pequenos, etc). O teste de desligar o computador bruscamente foi de propósito para ver se aguentava e por enquanto está dando certo. Claro que, como disse na dica, não é recomendável o uso em produção. Eu aproveitei que instalei o RC2 no lugar do sistema principal e resolvi testá-lo. Como a versão final do openSUSE 12.2 só sai em setembro, terei tempo de testá-lo melhor. Isso se ele não "quebar" antes né..rsrsrs. Aí volto ao Ext4 também. Ah…lembrando que meus dados pessoais não estão nessa partição. Aí seria arriscado demais de minha parte..rsrsrA intenção de testá-lo foi mais para ver sobre o recurso de snapshots, que por enquanto, vai funcionando. Confuso, mas funcioanando.Obrigado pelo comentário.Abraços!

    Curtir

  3. Olá Izaías meu amigo!Obrigado pelo comentário.Arrisquei com o RC2 mas mantive uma imagem do 12.1 para o caso de nada funcionar. MAs como as coisas que preciso já estão funcionando vou mantê-lo até o lançamento da versão final. A não ser que ele "quebre" antes. Seja pelo sistema em si ou pelo Btrfs.Abraços!

    Curtir

  4. Versões RC são bastante estáveis já que estão a um passo de torna-se oficiais, logo acredito que o desempenho seja ainda melhor quando lançado, especialmente no caso do sistema de arquivos.Eu acho interessante coisas desse tipo, ou seja, descrever o que lhe agrada e os pontos fortes ou não de um sistema, até porque instalar um Linux hoje em dia não é um bicho de 7 cabeças (desconsiderem aqueles Linux) e impressões positivas possam ser um diferencial que leve novos usuários ao menos a vir a testar essa ou aquela distro.Lógico que às vezes um sistema adequa-se melhor numa máquina que outra, mas impressões de quem o conhece bem como é o seu caso, são sempre bem vindas e válidas como dito pelo Izaias.Um abraço.

    Curtir

  5. Obrigado Edinaldo.Claro que sou muito suspeito para falar pois como disse, uso essa dsitro há anos. Mas como tenho pouco tempo para usar computador em casa eu acabo não conseguindo fazer teste profundos. O básico já funciona e bem. Mas certamente há problemas a serem corrigdos.Abraços!

    Curtir

  6. Mais um detalhe:Em fevereiro o SuSE Linux Enterprise (versão destinada à empresas e servidores) decidiu incluir o btrfs como sistema de arquivos, além das outras tradicionais opções. Isso significa que esse sistema de arquivos passou a integrar a lista de suporte da Novell. Talvez isso seja um sinal da estabilidade do btrfs uma vez que uma empresa não arriscaria dar suporte à algo que ainda não tem condições de funcionar. Talvez por isso em meu teste com o btrfs ele tem se apresentado bem.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s