Compartilhamento de pastas no VirtualBox


Veremos aqui como tornar a utilização das VMs do VirtualBox mais agradável, configurando os Guest Additions, a distro utilizada no exemplo será o Arch Linux…Comecemos pela adicão de uma pasta a ser compartilhada entre a máquina HOST (hospedeira) e a GUEST (convidada), abra o VirtualBox, selecione a máquina Virtual a ser configurada e clique no botão configurações…

A seguir no campo Pastas compartilhadas, adicione o caminho da pasta a ser compartilhada (aqui exemplifiquei a raiz do meu Debian), porém, a prática mais segura é montar apenas a pasta do usuário ou outra qualquer.

Caso queira que o compartilhamento esteja disponível toda vez que sua VM iniciar, marque a opção Montar Automaticamente.

e pronto! (em parte)…

Agora será necessário adicionar o a imagem dos GuestAdditions (Adicionais para o Convidado) como unidade de CD…
No Debian a iso localiza-se em /usr/share/virtualbox…

tá quase lá! … Tendo realizado os passos acima, inicie sua máquina virtual e num terminal digite:

# pacman -Syy
# pacman -S base-devel linux-headers

A partir desse ponto seu Arch estará apto a ser configurado, seguimos então com a montagem da unidade de CD…

# mkdir /media/cdrom
# mount /dev/cdrom /media/cdrom
# cd /media/cdrom
# ./VBoxLinuxAdditions.run

Pronto! agora só falta adciionar o usuário normal ao grupo vboxsf de forma a permitir que o mesmo tenha acesso à pasta compartilhada…

# gpasswd -a $USER vboxsf

Reinicie o PC e provavelmente seu Arch já estará utilizando a resolução máxima de tela e o compartilhamento estará ativado automaticamente.

Observações.

Aqui o exemplo utilizado foi o Arch Linux, apenas para demonstrar que mesmo nele não há dificuldade e esses passos poderão ser seguidos em qualquer distribuição, lógico que, seguindo o padrão de instalação de pacotes e a identificação dos dispositivos, vejamos…

Na família Debian-like (Ubuntu e todos os filhotes), os pacotes a serem instalados são o build-essential, dkms, linux-headers-`uname -r`, então:

# apt-get update
# apt-get install build-essential dkms linux-headers-`uname -r`

E em relação a unidade de CD, geralmente a mesma é identificada como /dev/scd0, logo:

# mkdir /media/cdrom
# mount /dev/scd0 /media/cdrom
# cd /media/cdrom
# ./VBoxLinuxAdditions.run

E embora o comando utilizado para adicionar o usuário ao grupo vboxsf também funcione no Debian, podemos usar também:

# adduser $USER vboxsf

Anúncios
Compartilhamento de pastas no VirtualBox

8 comentários sobre “Compartilhamento de pastas no VirtualBox

  1. Eu costumo utilizar o VirtualBox direto do site do projeto, mas fazendo uma pesquisa aqui eu vi que seriam dois pacotes: VirtualBox e akmod-VirtualBox. Este último permite recompilar automaticamente o módulo toda vez que o kernel for atualizado.

    Curtido por 1 pessoa

  2. Bem os pacotes a que me refiro é o kernel-headers e o dkms (se existir), a instalação dos mesmos será necessária se estiver rodando o Fedora numa VM e quiser ter acesso a tela cheia, compartilhamento, etc. Já usando o Fedora instalado pra valer creio eu que sejam esses 2 pacotes aí.

    Curtir

  3. Aaahhhhh! Tu não explica! rsrsrs. Não saberia te dizer quais seriam necessários, já que nunca rodei o fedora numa VM. Mas esses pacotes que tu disse aí existem sim. Se tiver que dar um palpite, eis: kernel-headers kernel-devel e dkms.

    Curtir

  4. Esquenta não, como eu estou com uma preguiça danada em instalar novos sistemas no HD, vou instalar o Fedora 17 no VirtualBox. Depois testo isso, vejo quais são os pacotes e acrescento aqui.Valeu!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s