Slackware: nada a fazer!


Se existe uma distro onde frescuras não ganham espaço essa é o Slackware.

Partindo do princípio que a preocupação é disponibilizar apenas e tão somente um sistema ágil, estável e confiável, se o usuário não inventar nada mais será preciso, apenas:

# slackpkg update
# slackpkg upgrade-all
# slackpkg install-new
# slackpkg clean-system

E podem passar-se anos!

Eu que costumo passear por pavimentos às vezes não tão sólidos, não posso deixar de salientar essa grandeza de espírito de uma distro como essa, meu parabéns ao grande Slack!

Falando nisso…

Se possível leiam a matéria do link abaixo e que trata da opinião de Patrick Volkerding sobre a adoção do systemd no Slackware:

Slackware: Is Systemd Inevitable?

Tradução livre e baseada no Google Tradutor:

“… Quanto systemd, eu gosto da idéia de um tempo de inicialização mais rápido (obviamente), mas eu também gosto de controlar a inicialização do sistema com shell scripts que podem ser lidos, e eu estou supondo que é o que a maioria dos usuários do Slackware também prefere. Eu não passo o dia todo a reiniciar minha máquina…. “

Simplesmente KISS!

Slackware: nada a fazer!

17 comentários sobre “Slackware: nada a fazer!

    1. edps disse:

      De fato isso é verdade, pois o Arch Linux tem muita novidade pro meu gosto.

      O Slackware se seguir o tradicional feijão-com-arroz, ou seja, aplicativos nativos do sistema, entre eles os do ambiente gráfico, nada mais é preciso. O problema é que metade dos meus aplicativos são obtidos e instalados de fora dos repos oficiais! rssr

      Curtir

      1. edps disse:

        Taí, o Chakra realmente também é de um desempenho espetacular, o problema é que evito usar KDE ou Gnome, embora em meus *Box sempre tem coisa deles! rs

        Curtir

      2. Eu estou usando Mate Desktop aqui no meu Debian Testing e está bem fenomenal. Vou trazer um Core2Duo pra casa daqui alguns dias e pretendo Instalar o #! e usar suas dicas para personalizar o menu com ícones… Nessa maquina eu não quero frufruzice eu quero algo rápido e que funcione!

        Curtir

  1. edps disse:

    Dessa vez estou com um Debian mínimo, somente OpenBox e FluxBox, meus pacotes do xorg são irrisórios, apenas o base e o xserver-xorg-video-nouveau no início, até eu instalar os drivers Nvidia, veja a lista em:

    http://pastebin.com/42HANbUH

    Ontem testei o novo #! no VirtualBox e a qualidade é a mesma de sempre!

    Curtir

  2. Estou aqui com o Debian KDE, fiz a instalação miníma e depois fui colocando pacote por pacote, o desempenho é muito bom. Depois instalei o e4rat para acelerar aplicações no X. Gosto muito do Debian e do Slack pela ausência de burocracia. Até o sistema de empacotamento dessas distros é simples, hoje por exemplo empacotei, por questões de comodidade, o screenfetch e o youtube-dl para Debian facilmente, sem burocracia.

    Curtir

  3. albfneto disse:

    No entanto, Slackware é tão versátil, que se você quiser, coloca KDE e enche de firulas! rsrs testei Slackware, só não uso porque minha predileção por arquitetura Gentoo é muito grande.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s