OraPlus – Simples gerenciador para o banco de dados Oracle


Olá, Mundo GNU!

Neste pequeno tutorial apresento-lhes: OraPlus. Uma simples ferramenta para o gerenciamento do banco de dados Oracle.

Antes da apresentação, aqui vai um pouco de história:

Neste primeiro semestre de 2013 estava eu (e ainda estou, rs) envolto em um projeto do meu curso: desenvolver um programa para uma empresa (fictícia ou não) em Java e com ligação à um banco de dados.

Pois bem, em meu grupo ficou acordado que iríamos utilizar o banco de dados Oracle para o armazenamento das informações. Aí que começaram os problemas: nós precisávamos de uma ferramenta que seja prática, leve, portável e que oferecesse uma forma mais simples de se realizar o gerenciamento das informações no banco, uma vez que o SQL*Plus não é necessariamente muito amigável quando se tem que realizar diversas consultas.

Daí que tive a ideia: por que não criar esta ferramenta? Afinal, para quê que estou aprendendo isto mesmo? rsrs

Recursos.

Ele possui suporte a:

  • Comandos SQL: CREATE, ALTER, DROP, INSERT, UPDATE, DELETE, SELECT;
  • Instruções PL/SQL: EXECUTE, CREATE PROCEDURE;
  • Atalhos: Exibir todas as tabelas do usuário, todos as linhas de uma tabela e a descrição (DESC <TABLE>) das colunas de uma tabela.
  • Suporte a múltiplos comandos (inserir várias linhas em um INSERT, ou criar várias tabelas de uma vez, por exemplo).

Download e execução.

Basta efetuar o download do OraPlus  em: http://sourceforge.net/projects/oraplus/files/.

Ele é apenas um arquivo JAR. Para executar, use o comando:

$ java -jar OraPlus-*.jar

Ou clique com o botão direito do mouse e escolha: “Abrir com” > Java.

Utilização.

Ao executá-lo, a primeira tela apresentada será a de login:

01-login

Nesta tela, preencha os campos:

  • Host: IP ou hostname do servidor. Se o banco Oracle está instalado na mesma máquina que você está executando o programa, você pode deixar este campo em branco.
  • Porta: Porta de conexão do Listener. O valor padrão costuma ser 1521.
  • Banco: Nome da instância do Oracle.
  • Login: Seu login de usuário.
  • Senha: Sua senha.

Após clicar em OK, e se tudo estiver certo, aparecerá a tela:

home

Detalhando as opções.

Opções principais:

  • Select :: Visualizar dados nas tabelas e views;
  • Insert :: Inserir dados em uma tabela;
  • Update :: Atualizar dados de uma tabela;
  • Delete :: Remover dados de uma tabela;
  • Create :: Criar tabelas, usuários, sequences, etc;
  • Alter :: Alterar tabelas, usuários, tablespaces, etc;
  • Drop :: Remover usuários, tabelas, etc;
  • Create procedure :: Atalho exclusivo para a criação de procedures (não testei com funções ainda, assim que puder eu faço);
  • Execure :: Executar funções e procedures;
  • Outra seleção :: Qualquer outro comando que retorne o resultado em linhas/colunas;
  • Outra alteração :: Qualquer outro comando que faça alguma alteração e não esteja nas opções acima. Um exemplo de comando desta categoria é o GRANT.

A utilização é bastante simples e intuitiva: digite o comando na área de comandos, selecione o tipo de operação e clique em executar.

Exemplo: para realizar um select, digite o comando no campo, selecione a opção “Select” e clique em “Executar”.

As seguintes instruções possuem suporte a mais de um comando:

INSERT, UPDATE, DELETE, CREATE, ALTER, DROP e EXECUTE.

Ou seja, você pode intercalar vários comandos em sequência. Basta utilizar a sintaxe correta (e não se esqueça do ponto e vírgula! :D).

Atalhos:

Há alguns comandos que utilizamos com uma certa frequência: um exemplo disso é o SELECT * FROM alguma_tabela. Para facilitar, eu inseri alguns atalhos:

  • ViewAllTables :: Visualizar todas as tabelas do usuário. Esta é a única operação que não precisa de comandos. Basta selecionar esta opção e clicar em “Executar”.
  • ViewAllData :: Visualizar todos os dados de uma tabela (igual ao SELECT * FROM). Para utilizá-lo, basta digitar o nome de uma tabela, selecionar esta opção e clicar em “Executar”.
  • Desc :: Infelizmente, o driver JDBC ainda não possui suporte a algumas operações (como o comando DESC e o SHOW). Para minimizar isso, há um select monstruoso que faz as vezes de DESC:

SELECT COLUMN_NAME AS "Name", DECODE(NULLABLE, 'Y', '', 'N', 'Not null') AS "Null", DATA_TYPE||DECODE(DATA_TYPE, 'NUMBER', DECODE(DATA_PRECISION, NULL, '', '('||DATA_PRECISION||','||DATA_SCALE||')'), 'VARCHAR2', '('||DATA_LENGTH||')', 'CHAR', '('||DATA_LENGTH||')') AS "Type" FROM USER_TAB_COLUMNS WHERE TABLE_NAME = 'NOME_DA_TABELA';

Mas seria impossível alguém decorar um comando destes. Para facilitar esta tarefa, há o atalho “Desc”. Para utilizá-lo, basta digitar o nome de uma tabela, escolher a opção “Desc” e clicar em “Executar”.

Algumas imagens do programa em execução:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Para quem quer conferir o código fonte do programa (um arquivo de projeto zipado para Eclipse), ele está disponível em: http://sourceforge.net/projects/oraplus/files/source/

Obs.: por questões de copyright, eu não inclui o driver JDBC do Oracle neste arquivo fonte. Assim, após importar o projeto para o Eclipse, você deve fazer o download do driver JDBC e acrescentá-lo ao build path da aplicação.

Para importar o arquivo fonte no Eclipse, realize os passos:

Vá no menu “File”, selecione a opção “Import”. Na tela que se abrir, selecione a opção “General” -> “Existing Projects into Workspace”. Por fim, selecione a opção “Select archive file:”, clique em “Browse”, escolha o arquivo fonte .zip e clique em Finish.

Com o projeto aberto, adicione o driver JDBC baixado daqui, seguindo os passos:

Clique com o botão direito no nome do projeto, escolha a opção “Build Path”, depois “Add External Archives…”. Selecione o driver .jar baixado e clique em OK.

Lembrando que este é um trabalho de principiante. Quaisquer sugestões de melhorias, críticas e dúvidas serão muito bem-vindas.

Espero que esta ferramenta seja tão útil para alguém como foi para o meu projeto.

Até a próxima!

Anúncios
OraPlus – Simples gerenciador para o banco de dados Oracle

9 comentários sobre “OraPlus – Simples gerenciador para o banco de dados Oracle

  1. Parabens Edps,
    Aliado ao Linux tb estou desenvolvento alguns aplicativos voltando ao banco oracle, mais precisamente estou fazendo um curso de PL/SQL e esse seu aplicativo caio como uma luva.

    Vou testar. Obrigado por compartilhar

    Curtir

    1. edps disse:

      Na verdade parabéns ao amigo Leandro, pois a dica é de sua autoria e fico feliz que tenha alguém disposto a ajudar aqui no Blog, já que nem sempre tenho tempo para postar coisas novas.

      A dica por sinal é muito boa mesmo, espero que você tenha sucesso em seus testes e caso queira retorne com suas experiências.

      Um abraço.

      Curtir

  2. Alexandre Soares disse:

    Parabens pelo aplicativo desenvolvido e se servir de dica, seria muito legal se conseguisse incorporar neste, os recursos de IMP e EXP do Oracle, falo isto pois tenho uma licença 9i ( teste ) e uma 11g ( produção ) e gostaria de ler os dados da 11g para a 9i e não sei como.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s