Instalação da versão 1.2 do BleachBit (diversas distros e métodos)


Aqui veremos como instalar a nova versão do Bleachbit em algumas distros. Esta é uma atualização da dica Bleachbit mais atual em diversas distros.

Já está disponível a versão 1.2 do Bleachbit, aos interessados… basta acessar o endereço abaixo, copiar os links das versões correspondentes à sua distro e adaptar os passos aqui descritos:

http://bleachbit.sourceforge.net/download/linux

Debian Wheezy

$ wget http://katana.oooninja.com/bleachbit/sf/bleachbit_1.2_all_debian7.deb
$ sudo dpkg -i bleachbit_1.2_all_debian7.deb
$ sudo apt-get -f install

bleachbit

Fedora 20

$ wget http://katana.oooninja.com/bleachbit/sf/bleachbit-1.2-1.1.fc20.noarch.rpm
$ su -c 'yum localinstall bleachbit-1.2-1.1.fc20.noarch.rpm'

openSUSE 13.1

$ wget http://katana.oooninja.com/bleachbit/sf/bleachbit-1.2-1.1.opensuse131.noarch.rpm
$ sudo rpm -ivh bleachbit-1.2-1.1.opensuse131.noarch.rpm

Ubuntu 14.04 LTS

$ wget http://katana.oooninja.com/bleachbit/sf/bleachbit_1.2_all_ubuntu1404.deb
$ sudo dpkg -i bleachbit_1.2_all_ubuntu1404.deb
$ sudo apt-get -f install

Outras distros e releases

Há ainda pacotes disponíveis para as mais variadas distros e releases, dentre elas:

CentOS 6
Debian 6 (Squeeze)
Fedora 17 (Beefy Miracle)
Fedora 18 (Spherical Cow)
Fedora 19 (Schrodinger’s Cat)
RHEL 6
SLE 11
Ubuntu 10.04 LTS (Lucid Lynx)
Ubuntu 11.10 (Oneiric Ocelot)
Ubuntu 12.04 (Precise Pangolin)
Ubuntu 12.10 (Quantal Quetzal)
Ubuntu 13.04 (Raring Ringtail)
Ubuntu 13.10 (Saucy Salamander)
openSUSE 11.4
openSUSE 12.1
openSUSE 12.2
openSUSE 12.3

Slackware (versão 1.0)

# wget http://slackbuilds.org/slackbuilds/14.0/system/bleachbit.tar.gz
# tar -zxvf bleachbit.tar.gz
# cd bleachbit/
# chmod +x bleachbit.SlackBuild
# wget http://sourceforge.net/projects/bleachbit/files/bleachbit-1.0.tar.bz2
# ./bleachbit.SlackBuild
# installpkg /tmp/bleachbit*.tgz

em distros Rolling-Rolease

Em distros mais atualizadas como as rolling-release Arch Linux, Gentoo, Sabayon, Debian SID:

Arch Linux.

$ sudo pacman -S bleachbit

Gentoo.

$ sudo emerge -av bleachbit

Sabayon.

$ sudo equo install bleachbit

Debian SID.

$ sudo apt-get install bleachbit

Instalação manual da versão 1.2

Este passo poderá ser seguido em qualquer distro!

$ wget http://sourceforge.net/projects/bleachbit/files/bleachbit-1.2.tar.bz2
$ tar -jxvf bleachbit-1.2.tar.bz2 
$ cd bleachbit-1.2/
$ make -C po local
$ python bleachbit/GUI.py

Este slideshow necessita de JavaScript.

Via GIT

Qualquer distro via GIT! (versão mais atual).

requer o pacote: git (ou similar).

$ git clone https://github.com/az0/bleachbit.git
$ cd bleachbit/
$ make -C po local
$ python bleachbit.py

bleachbit-git-001

bleachbit-git-002

Para atualizar a versão GIT, entre no diretório bleachbit e execute:

$ git pull
$ make -C po local
$ python bleachbit.py

bleachbit-git-003

Via Subversion

Qualquer distro via SVN! (versão mais atual).

requer o pacote: subversion (ou similar).

$ svn checkout svn://svn.code.sf.net/p/bleachbit/code/trunk bleachbit-code
$ cd bleachbit-code
$ make -C po local
$ python bleachbit/GUI.py

bleachbit-svn-001

bleachbit-svn-002

Para atualizar a versão SVN, entre no diretório bleachbit-code e execute:

$ cd bleachbit-code
$ svn up
$ make -C po local
$ python bleachbit/GUI.py

bleachbit-svn-003

até a próxima!

Anúncios
Instalação da versão 1.2 do BleachBit (diversas distros e métodos)

6 comentários sobre “Instalação da versão 1.2 do BleachBit (diversas distros e métodos)

  1. A bola de cristal funcionou!
    Estava mesmo precisando atualizar a versão do Bleachbit.

    Essa baçaça só avisa que precisa atualizar e nada… nada… nada e morre!

    Brigadão, Edinaldo.
    ———————————–

    Tô vendo que estais multi-distro. Antes era “todo o meu mundo” para o Debian. 🙂
    Polivalente!

    Curtir

  2. Sei, sei… 🙂

    Tinha uma pasta aqui no openSUSE de nome estranho criada pelo sistema, em minha pasta de usuário.
    Só consegui remover “viajando” para “.local/share/…”.
    Talvez com essa nova versão teria removido.
    ——————

    No momento só estou com 2 distros também.
    Vai que uma dá pau! rs

    Curtir

    1. edps disse:

      Como a distro que usamos diariamente é o Wheezy, além do Arch Linux tenho uma instalação enxuta do excelente Squeeze, que por sinal, agora é LTS:

      http://www.debian.org/News/2014/20140616
      http://distrowatch.com/weekly.php?issue=20140623#news

      Ou seja, dá para usá-lo sem problemas e recebendo updates até 2016 e o Wheezy até 2018. Esta instalação já foi movida de uma partição para outra diversas vezes, seguindo essa dica:

      http://gnutwoall.wordpress.com/2013/11/30/how-to-copia-de-instalacao-para-outra-particao/

      E até hoje funciona bem demais, melhor até que o Wheezy.

      Curtir

  3. Rapaize! Descobri que a Estação Espacial Internacional usa o Debian 6.
    Isso foi depois que a estação foi infectada por um vírus, aquela coisa comum que acorre regulamente com aquele sistema proprietário. Não sei se você conhece esse sistema, mas tem gente que gosta! rs

    Demorou, mas aprenderam.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s