How-To :: script para montar celulares com Android 4.x no Debian


E com o surgimento da série 4.x do Android, esses malditos celulares com esse S.O rs (tem até a músiquinha do Dexter) deixaram de ser reconhecidos no Debian e em algumas distros que já usei, as exceções se não me engano foram o Arch Linux e Slackware, ambas com KDE. Veremos aqui um pequeno script para montar essas joças no Debian ou qualquer distro derivada.

Dependência.

Usaremos o programa jmtpfs para fazer o trabalho sujo:

$ sudo apt-get update
$ sudo apt-get install fuse jmtpfs libmtp9 libmtp-runtime libmtp-dev
$ sudo adduser $USER fuse

jmtpfs-001

Agora criaremos o ponto de montagem:

$ sudo mkdir -pv /media/MyAndroid
$ sudo chown -hR $USER /media/MyAndroid

E a seguir, descomente a opção user_allow_other, no arquivo /etc/fuse.conf, segue um exemplo do meu:

# Set the maximum number of FUSE mounts allowed to non-root users.
# The default is 1000.
#
#mount_max = 1000

# Allow non-root users to specify the 'allow_other' or 'allow_root'
# mount options.
#
user_allow_other

jmtpfs-002

Script.

Aqui o chamei de razrd3.sh, para ficar fácil a identificação por parte da dona do aparelho! (o .sh ela não entendeu, mas vá bene! rs)

#!/bin/bash

if mount -l | grep MyAndroid; then
    echo ""
    echo "dispositivo montado, desmontando agora!";
    echo ""
    killall tumblerd && killall thunar # se não usa Thunar, comente essa linha.
    fusermount -u /media/MyAndroid
    else
    echo ""
    echo "o dispositivo não está montado, montando agora!";
    echo ""
    jmtpfs /media/MyAndroid
    thunar /media/MyAndroid # altere thunar, por dolphin, nautilus, pcmanfm ou outro, se for o caso.
fi

jmtpfs-003

Salve-o num diretório que esteja incluído em seu $PATH (aqui o salvei em $HOME/bin, pro seu caso se achar mior, salve-o em /usr/local/bin), dê-lhe permissão de execução, daí bastará conectar o bendito aparelho, escolher a opção referente ao armazenamento correto (não é câmera!) e num terminal digitar (meu caso aqui):

$ razrd3.sh

Este slideshow necessita de JavaScript.

O mesmo vale quando quiser desmontá-lo.

Se você não usa o Thunar, observe as orientações no próprio script e modifique-o conforme suas necessidades.

IntÈ!

Anúncios
How-To :: script para montar celulares com Android 4.x no Debian

11 comentários sobre “How-To :: script para montar celulares com Android 4.x no Debian

    1. edps disse:

      Cara, eu já vinha usando isso a algum tempo o que faltou foi lembrar de fazer a dica até que vi uma dica do xerxeslins no VOL que é bem parecida ao que eu já vinha tentado e não consegui fazer funcionar.

      Se funcionou procê muy bueno!

      Curtir

      1. Olá amigo,

        Não tem muita dificuldade,

        1-vc instala o app no android via google play

        2- Vá no app instalado no android coloque seu email do google ex: mbrainiac@gmail.com e atribua uma senha.

        3- ligue o wi-fi do android

        4- vá ao site http://web.airdroid.com/
        coloque seu email e senha (cadastrados antes no celular) só esperar que vai integrar

        Tem a opção de colocar o endereço IP que aparece no Android, mas precisa estar na mesma rede, o outro modo é melhor e não falha.

        Mas eu gostei muito da opção que sugeriu, nem sempre tenho um roteador a mão,

        valeu

        Curtir

  1. camarada,
    recebi isto:
    “o dispositivo não está montado, montando agora!
    Device 0 (VID=18d1 and PID=4ee1) is a Google Inc (for LG Electronics) Nexus 4.”

    tenho um nexus 7 2013, e o danado não aparece no thunar ):

    Curtir

  2. Muito boa dica( e já anotada). Eu faço um pouco diferente mas com ‘conceito’ similar.

    Crio o diretório /media/I9300(Meu dispositivo)
    Dou permissão de leitura e escrita ao meu no diretório.
    Instalo o pacote e crio os seguintes arquivos na minha home:

    .montar_usb.sh

    #!/bin/bash
    #Montar no diretório /media/I9300
    jmtpfs /media/I9300/

    e
    .desmontar_usb.sh

    #!/bin/bash
    #Desmontar no diretório /media/I9300
    fusermount -u /media/I9300

    *Adiciono as respectivas entradas dos arquivos(.sh) no menu do XFCE com o MenuLibre(menulibre).

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s