Contornando os Erros do Instalador do Sabayon. Atualização.


Autoria de Alberto Federman Neto, albfneto

Atualizado em 4 de Maio de 2017.

A DICA NOVA:

Tente para  os Sabayons mais novos, como o Sabayon 17.04.

Recentemente, descobri que alguns dos  erros do instalador Anaconda, no Sabayon, advém da Linguagem e do uso do Mapa de Teclado em Português do Brasil, ABNT2, que é inválido em Sabayon.

De fato, se eu opto por instalar o Sabayon todo em Inglês, ele instala perfeitamente:

New Sabayon Daily. Installer Not Works.

Creio Ter Descoberto as Razões dos Erros do Anaconda do Sabayon.

Até reportei um Bug no Bugzilla.

De fato, uma rápida pesquisa na Internet, mostra que esses problemas do Anaconda com os mapas de teclado, são conhecidos e podem ocorrer em Fedora, Red-Hat e outras Distros que usam Anaconda. Vejam os exemplos: 1, e 3.

O que fiz, agora, nas últimas instalações? Eu use a Instalação em Português do Brasil (não mais Inglês) mas o Mapa de Teclado em Inglês Americano ou Inglês Internacional (en)  e não o teclado Brasileiro (br ou br-abnt2).

Procedimento :

Baixe uma ISO de Sabayon, a que quiser. Eu uso geralmente as mais novas, as Daily Builds, baixadas dos espelhos Brasileiros:

Sabayon Daily.

Queime a ISO, como imagem, de maneira usual, em um DVD em branco. Isso gerará o Live DVD de instalação. Pode, se quiser, usar pendrive de boot (mas eu acho o DVD mais prático).

Dê Boot com o DVD. quando aparecer a tela de boot, aperte F2 e troque a língua para “Português do Brasil”.

Aperte ENTER e tente abrir o Sabayon e instalar. Se o Anaconda der erros, ou sua tela gráfica não abrir, faça como abaixo:

Dê boot com o LiveDVD novamente. Aperte F2 e escolha novamente “Português do Brasil”.

Agora, ATENÇÃO, não inicie ainda, aperte “F3, Mapa de Teclado” e troque para “Inglês” ou “Inglês Internacional”.

Aperte “F5, Outras Opções”. Se você não usa HDs em RAID, escolha “nodmraid”. Se tiver discos rígidos muito antigos, selecione com o mouse “noapic” “nolapic” e “acpi=off”.

Com as ATI modernas e os novos drivers, não é mais necessário ativar o “nomodeset”. Após escolher as opções, aperte ESC e ENTER.

Embaixo, verá a linha do kernel. Se não usar LVM, adicione “nolvm”. Se tiver uma ATI, adicione “xdriver=radeon”.

Aperte ENTER e deixe o Sabayon carregar por completo. Clique em “Instalar no Disco Rígido”. Rode o instalador.

Escolha “Português do Brasil”, Fuso Horário etc….Se o sistema trocar, de novo, o mapa para teclado o brasileiro, você precisará clicar em cima, mapa de teclado, remover o mapa de teclado brasileiro e adicionar um mapa de teclado “en”.

Vá na seleção dos discos rígidos, escolha seu HD para a instalação (onde fez as partições com Gparted, veja Ítem D). Eu não usei particionamento automático. Escolha “irei fazer o particionamento”. Clique em “seguinte”. Escolha “particionamento padrão”. Eu não usei LVM (não gosto)

Veja suas partições. escolha, um por um, seus pontos de montagem (/ , swap e /home). A cada ponto de montagem feito, marque para reformatar a partição e clique em “atualizar dispositivos”.

Clique em “Finalizado” e o sistema mostrará as modificações a serem feitas. Clique em  “iniciar instalação”.

Agora é só esperar.

Naturalmente, poderá ter traduções incompletas etc… Necessitará instalar vários pacotes, tipo spell, myspell, pacotes pt-BR ou pt_BR, do ambiente gráfico etc… Procure no RIGO (mais fácil), pacotes com pt-BR em l10n e l18n.

Claro, que também estará com o Mapa de Teclado errado… para corrigir, troque no ambiente gráfico, ou mais simples, como eu gosto de fazer,  “A La” Dinossauro Unix…..

Coloque este comando dentro do seu arquivo /home/usuario/.bashrc

sourcecode language="bash"]
% setxkbmap -model abnt2 -layout br -variant abnt2
[/sourcecode]

Chamou o Terminal, vai funcionar…, mesmo que o feche, depois. Também pode colocar no .profile, no rc e mesmo no kron. Outros jeitos de acertar teclado. Para outras Distros, mas funcionará em Sabayon:

Como Configurar Teclado para ABNT2.

Configurar Teclado ABNT2.

Teclado não Inicia em ABNT2.

Configurar Teclado do Slackware para ABNT2.

Change Keyboard Layout.

Outra coisa que, às vêzes ( muito de vez em quando) faz o teclado bagunçar em Sabayon. Um pacote chamado “ibus”. basta removê-lo, sem tirar as dependências:

sourcecode language="bash"]
# equo rm -av --configfiles --nodeps ibus
[/sourcecode]

Tem vários outros jeitos de resetar o teclado. No sistema, na interface, no Kernel, no X etc… muitos métodos para serem citados aqui, mas basta uma pequena busca na Net.

Se após o boot, você não tiver tela gráfica (numa ATI),  cheque algumas coisas…

Aperte CTRL+ALT+F2, você irá para um outro tty e terá um Bash Puro de comando. edite seu arquivo /etc/X11/xorg.conf

sourcecode language="bash"]
# cd /
# cd etc/X11
# cp xorg.conf xorg.conf.original
#nano xorg.conf
[/sourcecode]

e coloque nele, estas linhas:

sourcecode language="bash"]
Section "Device"
    Identifier "ATI Video"
    driver "radeon"
EndSection
[/sourcecode]

Numa nvidia, deve usar “nv” , “nvidia” ou “nouveau” no lugar de “radeon”.

Salve o arquivo com CTRL+O e saia com CTRL+X.

Pode ainda tentar restaurar o X, com um dos comandos:

sourcecode language="bash"]
# startx
SE NAO FUNCIONAR
# xdm
[/sourcecode]

e aperte CTRL+ALT+F7.

Se for um Sabayon KDE, e estiver sem tela gráfica, só um sinal “login:”, tente rodar novamente o sddm como root:

sourcecode language="bash"]
login: seu usuário
senha de usuário
$ sudo sddm  
[/sourcecode]

Para este último problema, a solução definitiva devida a Sabayonino, Itália. refaça o link simbólico do SDDM, no Systemd:

sourcecode language="bash"]
# systemctl enable sddm.service -f
[/sourcecode]

Detalhes disso, veja:

Sabayon 17.04, With KDE5, Two Problems.

Observação: Inclusive, Sabayon, nas ATI, não usa mais os drivers proprietários, os ati-drivers. Eles não são mais compatíveis nos Gentoos. Mas os drivers livres, xf86-video-ati e AMD-GPU funcionam bem e já são instalados por default, out-of-box , no sistema.

Caso tenha baixa resolução na tela, outra coisa que pode tentar. Com cuidado, edite seu arquivo /boot/grub/grub.cfg , cheque se não tem parâmetro nomodeset ativado (se tiver, remova-o). Também pode tentar adicionar a linha:

sourcecode language="bash"]
xdriver=radeon
[/sourcecode]

No Boot do Kernel. É boa prática copiar seu arquivo original de Grub, para protege-lo.

A DICA ANTIGA:

Use, como Dica adicional, caso não consiga com o exposto acima, a Dica Nova.

Aproveitando a característica deste Blog , o Mundo GNU, onde as publicações podem ser editadas, aproveito para atualizar este Artigo, sôbre:como:

Contornar os Erros do Instalador Anaconda do Sabayon Linux

que havia sido publicado por mim, no Antigo Blog aqui do meu amigo Edinaldo, o EDPS e repostado pelo Autor:

Contornando os Erros do Instalador do Sabayon.  (OBSOLETO).

Artigos de Alberto Federman Neto (@albfneto) no Mundo GNU.

Embora o Time Sabayon esteja trabalhando no Código, Se alguém tentou instalar o Sabayon Linuxusando as mais recentes Daily Builds”  ou qualquer versão posterior ao 14,  deve ter visto que o novo instalador Anaconda dele , ainda apresenta alguns erros.

Ele “trava”, “pisca”, fecha sozinho etc… etc…!

Inclusive, os erros do Instalador foram confirmados, também por vários  outros usuários:

Installer, Many Errors.

New Install: Multiple Serious Issues.

XFCE ISO, Errors in the Installer

Will Sabayon adopt a Better Installer?

ISOs Sabayon 14.07

Como Instalar Sabayon Linux

Instalação em Dual Boot Windows e Sabayon

Sabayon 15: Alguém já conseguir Instalar?

Mesmo após várias atualizações de Sabayon, alguns desses erros continuam. Descobri que os erros  (principalmente de Python e Drivers Gráficos etc…) ocorrem na fase de particionamento, principalmente quando se usa LVM, “Logical Volume Manager” ou sistema de arquivos BRTFS.

Embora o Instalador tenha melhorado, enquanto o Time de Desenvolvedores do Sabayon não resolve completamente o problema (revisando o código), se você tiver dificuldade para instalá-lo, proceda da seguinte maneira:

Ao contrário do que se fazia na Versão Anterior do Artigo , não é mais necessário fazer as partições em Gparted, préviamente, mas se quiser, pode fazer.

Baixe a ISO de Sabayon que desejar usar. Em meus Testes usei a versão com KDE, em desenvolvimento, a “KDE Devel Daily Build” do dia 13 de Maio de 2015. Agora, já está disponível apenas uma mais nova, a de hoje:  dia 15 de Maio.

Queime a ISO como imagem, em  um DVD, pelo método padrão.

Dê Boot com o Live DVD. Escolha a primeira opção: “Carregar o Sabayon Linux”, mas não carregue ainda!

Aperte F2 e ajuste teclado e linguagem para Português do Brasil. Aperte em seguida, F4, “Outras opções de Iniciaiização“,

Dê Enter e vá marcando as opções noapic, nolapic, acpi=off e caso tenha uma placa ATI, marque também nomodeset. Saia do modo de ajuste com  a tecla ESC:

Após isso, não saia ainda das “Outras opções de Iniciaiização“.

Vá para a linha do kernel, embaixo, e apague os sinais — do fim da linha. Apague também dodmraid , vga=791 e coloque estas linhas, estes cheat-codes:

acpi=off xdriver=vesa driver=1024x768@60

Isso fará com que o Systemd do Sabayon não detecte automáticamente a placa de vídeo e nem tente ajustar a ACPI.

Agora aperte Enter e deixe o Sabayon carregar completamente, com as opções de Boot do Kernel que você modificou..

Ele vai carregar, aparecerão mensagens, várias, em modo verbose, e em seguida o Playmouth, desconfigurado por baixa resolução. Não faz mal, é só durante a instalação. que isso ocorrerá.

A Tela Gráfica do KDE vai abrir. Cllique em “Instalar no Disco Rígido“,

O Instalador Anaconda vai rodar. Se necessário, reajuste o teclado, Língua, País, Fuso Horário.etc…Quando aparecer a fase de fazer as partições, o sistema padrão de particionamento usará LVM. Isso é porque o Anaconda é um código oriundo do Fedora e Fedora usa LVM como default.

ATENÇÃO AGORA. Se você deixar em LVM, tudo pode travar! Não use LVM e nem BRTFS!

Para trocar, NÃO É NO MOUSE!

Clique apenas uma vez (com o botão esquerdo do mouse), em “LVM”,

Aperte a barra de Espaço e em seguida, as teclas de seta direita ou esquerda, então escolha o sistema clássico de “Partição Padrão“.

A partir daí, o Instalador deverá funcionar normal e corretamente.

Para ver detalhes do novo Instalador do Sabayon, veja este vídeo:

Sabayon 15.02.1 KDE amd64. Install and Brief Review

Cuidado para não deletar as partições de outros Linux, ou do Windows, que porventura você tenha.

No meu caso, eu instalei em sda9 (/) e sda10 (/home), encima de uma velha instalação de uma versão obsoleta de OpenSUSE que eu não usava mais.

Há ainda a possibilidade de usar o Instalador em Modo Texto, como descrito no Blog de Fitz Carraldo, Grã Bretanha. Também funciona, eu testei..

Espero ter ajudado a Comunidade Sabayonera do Brasil , e até a Próxima.

Anúncios
Contornando os Erros do Instalador do Sabayon. Atualização.

2 comentários sobre “Contornando os Erros do Instalador do Sabayon. Atualização.

  1. Fábio Lopes disse:

    Bom dia amigo, onde encontro na Wiki um passo a passo para realizar uma instalação do Sabayon via linha de comando, gostaria de ter uma instalação mais enxuta possível?!

    Curtir

    1. Olha, Sabayon não tem, nas versões atuais, instalador não gráfico. Mas instalar em modo comando é igual ao gentoo.
      Mas se quer um Sabayon pequeno, eu acho mais fácil usar as ISOs pequenas dele, tipo o básico (SpinBase) e o Minimal, que só tem Fluxbox.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s