How-To :: Void Linux (configuração)


E continuando a saga do Void Linux, veremos agora como configurá-lo.

Configuração.

Tela do GRUB...
Tela do GRUB…
Login como root...
Login como root…
Sincronização com o repositório oficial...
Sincronização com o repositório oficial…

Para atualizar o sistema:

# xbps-install -Suv
Atualização dos pacotes...
Atualização dos pacotes…

E de novo por causa da atualização do xbps (como foi em meu caso):

# xbps-install -Suv
Atualização dos pacotes...
Atualização dos pacotes…
Atualização dos pacotes...
Atualização dos pacotes…
Atualização dos pacotes...
Atualização dos pacotes…
Término da atualização e reboot...
Término da atualização e reboot…
Tela do Grub já com um kernel mais recente...
Tela do Grub já com um kernel mais recente…
Versão do kernel, exibição dos locales, criação do novo usuário...
Versão do kernel, exibição dos locales, criação do novo usuário…

Para criar o seu usuário normal:

# useradd -m -s /bin/bash -G wheel,users,audio,video,cdrom,input USERNAME
# passwd USERNAME
Instalação do Xorg, LXDM e OpenBox...
Instalação do Xorg, LXDM e OpenBox…

Já com o sudo ativado para o usuário normal, instalação do XOrg, OpenBox mínimo e o gerenciador de login LXDM:

$ su - edps
$ sudo xbps-install xorg lxdm openbox obconf obmenu lxappearance lxappearance-obconf leafpad sakura thunar-archive-plugin thunar-volman Thunar
Término da instalação...
Término da instalação…
Exibição do /etc/rc.conf (não é necessário alterar nada!)
Exibição do /etc/rc.conf (não é necessário alterar nada!)
Após criar o link para o serviço LXDM, rapidamente o mesmo é executado...
Após criar o link para o serviço LXDM, rapidamente o mesmo é executado…

Para criar um link para qualquer serviço, como no caso aqui, o do LXDM, basta seguir o modelo abaixo:

$ sudo ln -s /etc/sv/lxdm /var/service/lxdm
instalação básica de pacotes...
instalação básica de pacotes…
Remoção de ttys não utilizadas (2 a 6)...
Remoção de ttys não utilizadas (2 a 6)…

Para remover qualquer serviço, como no do SSH (se não usá-lo, ou para o caso as ttys não utilizadas (aqui as de 2 a 6):

$ sudo rm -fv /var/service/{agetty-tty2,agetty-tty3,agetty-tty4,agetty-tty5,agetty-tty6}

Para reverter (em caso de ter feito M3rd4), basta recriar o link para o serviço:

$ sudo ln -s /etc/sv/SERVICE_NAME /var/service/SERVICE_NAME

Instalação de outros ambientes.

Simulação da instalação do XFCE...
Simulação da instalação do XFCE…
$ sudo xbps-install xfce4
Simulação da instalação do Gnome...
Simulação da instalação do Gnome…
$ sudo xbps-install gnome
Simulação da instalação do KDE...
Simulação da instalação do KDE…
$ sudo xbps-install kde
Simulação da instalação do CINNAMON...
Simulação da instalação do CINNAMON…
$ sudo xbps-install cinnamon
Simulação da instalação do LXQT...
Simulação da instalação do LXQT…
$ sudo xbps-install lxqt
Simulação da instalação do LXDE...
Simulação da instalação do LXDE…
$ sudo xbps-install lxde
Simulação da instalação do MATE...
Simulação da instalação do MATE…
$ sudo xbps-install mate

Repositórios extras e pesquisas.

Procurando por pacotes do LibreOffice...
Procurando por pacotes do LibreOffice…
$ sudo xbps-query -Rs libreoffice
Adição do repositório non-free...
Adição do repositório non-free…

Para adicionar repositórios extras (inclusive os multilib para sistemas x86_64), execute:

$ sudo xbps-query -Rs void-repo

E para instalar o repositório nonfree:

$ sudo xbps-install void-repo-nonfree-7_1
$ sudo xbps-install -Suv
Adição do repositório non-free e procura por pacotes do Firefox...
Adição do repositório non-free e procura por pacotes do Firefox…
$ sudo xbps-query -Rs firefox
Instalação dos pacotes base-devel (similar ao Arch Linux)...
Instalação dos pacotes base-devel (similar ao Arch Linux), já no LXDE…
$ sudo xbps-install base-devel

Neste tutorial serão adicionados novas informações a medida em que puder testá-las, como a utilização do xbps-src, algo similar ao ABS do Arch Linux ou ao Ports dos BSDs, Login automático (sem a utilização de DMs), etc.

IntÉ!

How-To :: Void Linux (configuração)

8 comentários sobre “How-To :: Void Linux (configuração)

  1. Excelente trabalho, já sigo as suas dicas e tutoriais há algum tempo. Acompanhando no vol e no blog. Depois de ficar descontente com o Arch linux com a adopção do malfadado systemD. Andei perdido e desamparado sem uma distribuição que me sentisse em “casa”, até descobrir esta, rolling e sem systemD, obrigado.
    Uma questão encontrei uma gentoo-based, muito boa e tenho instalada com esta em dualboot, Calculate linux. Como posso adicionar um kernel do gentoo nesta distro?

    Curtir

  2. aldqueiroz disse:

    O amigo sabe como fazer pra instalar o firefox-ES com a localização (firefox-i18n-pt-BR) adequada? Como a versão ESR é sempre alguns números anterior à última versão, o xbps-install dá conflito se pedir pra instalar a versão mais recente do pacote firefox-i18n-pt-BR…
    Acredito que o xbps tenha algum atributo para buscar uma versão mais antiga de certo pacote, (talvez ‘xbps-query’…)
    Valeu!

    Curtir

    1. aldqueiroz disse:

      Acho que achei como! No próprio website http://www.voidlinux.eu/usage/xbps/ tem a indicação de como instalar um pacote mais antigo:
      “Reinstalling/downgrading to a specific package version

      # xbps-install -Sf pkg-1.0_1

      By specifying a specific package version and the -f flag, the package will be reinstalled or downgraded to that version if the package is currently installed.”
      Vou tentar isso mais tarde; tenho que achar a versão ‘45.7.0’ do pacote firefox-i18n-pt-BR, pra instalar com o firefox-ESR!

      Abraços!

      Curtir

  3. aldqueiroz disse:

    Aproveitando a ‘visita’: O amigo ou outro dos colegas já experimentou instalar outro shell além do default? Porque o que vem na instalação com LXQt, ao menos, não tem aqueles recursos de hsitórico de comandos e/ou de auto-completar ; como no Void tudo quanto é atualização/instlação/configuração é feito no terminal, ter que digitar ‘xbps-install’ de novo e de novo, dá no saco!… Eu sei que tem como instalar outro shell sim, mas não sei qual poderia isntalar pra ter esses recursos…
    Valeu de novo!

    Curtir

    1. @ALDQUEIROZ, perdoe-me a demora em responder mas é que ando com pouco tempo… sobre a pergunta: você já tentou instalar o bash-completion?

      Falando em shell, se não me engano o root usa o shell DASH daí a necessidade de digitar tudo de novo e novamente, experimente trocá-lo pelo BASH ou ZSH, FISH, etc:

      # chsh -s /bin/bash /root

      Ou de forma temporária, digitando apenas:

      # bash # ou /bin/bash

      Em relação ao Void eu não o tenho mais instalado aqui, apenas em VM porque tive que instalar o Slack64Bits para testar meus SlackBuilds.

      Um abraço.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s