Fazendo DVDs, SVCDs e VCDs. O que é Fácil, Pode Ficar Mais Fácil!


Autoria de Alberto Federman Neto, albfneto

Atualizado em 14 de Junho de 2016.

Em meus três Artigos anteriores, descreví procedimentos fáceis para você fazer DVDs, SVCDs e VCDs para reproduzir no seu aparelho de DVD doméstico.

Bom, o que já era fácil, agora pode ficar ainda mais fácil…

Em três Artigos meus, anteriores:

Sôbre os Formatos de Vídeo e Conversão, vamos arrumar a bagunça?

É Fácil fazer DVDs em Linux. DVDStyler.

Fazendo VCDs e SVCDs em Linux. Mencoder.

Descreví modos fáceis de fazer DVDs, SVCDs e VCDs em Linux, reprodutíveis em seu aparelho de DVD doméstico.

Mas, vamos supor que você só queira converter; ou quer apenas ver o filme (não precisa de Menus ou de Capítulos); ou quer regular o tamanho do arquivo, para caber em um CD de 700 Mega, ou DVD de 4.7 Giga, ou DVD de camada dupla de 8.5 Giga.

Tem um jeito, ainda mais fácil! Não precisa instalar nada!

Baixe o Vídeo que quer, pelo navegador, ou qualquer dos processos que descreví nos Artigos. Salve numa pasta que você conheça a localização. Neste Artigo será chamado: meu-filme.mp4.

Agora, vem a Dica…. ficou muito mais fácil!

Acesse este Site:

Online Video Converter.

É um conversor rápido, totalmente gratuito, online e com muitas opções, e que aceita arquivos grandes, até 2 Giga (isso mesmo! 2 Giga antes da conversão!)

Demonstrando com a OPÇÃO PARA DVD:

Clique em “Abrir Arquivo”  e adicione o Vídeo  que baixou:

ABRINDO O ARQUIVO DO FILME.
ABRINDO O ARQUIVO DO FILME.

Espere o sistema carregar e fazer upload do filme. Carregou? :

CARREGANDO O VÍDEO INICIAL.
CARREGANDO O VÍDEO INICIAL.

Pode adicionar mais um Vídeo, se for fazer DVD de camada dupla, 8.5 Giga.

Geralmente, o(s) Vídeo(s) que você baixou são MP4. Se forem antigos, poderão ser AVI.

Agora, vai depender das características, resolução do seu vídeo baixado, mas, de modo geral:

A. PARA FAZER UM DVD:

1 . Clique em “mpeg”, Extensão “mpg”. Para os aparelhos de DVD domésticos, sempre melhor usar esse formato.

agora vá em “Resolução”.

Deixe, ou escolha, para um DVD de Alta Definição: HD 1080p ou HD 720p.

Para um DVD de Alta Resolução, escolha: 480p (854×480). Para um DVD PAL Comum, escolha DVD, 720×576 :

OPÇÕES DE RESOLUÇÃO PARA O VÍDEO.
OPÇÕES DE RESOLUÇÃO PARA O VÍDEO.

2. O tamanho do seu Arquivo, sempre será proporcional ao vídeo de Entrada. Vá Novamente em “Configurações”. Ajuste o tamanho do   Filme para o máximo, ou para pouco menos de 4.7 Giga (exemplo, 4 Giga, pois sempre vai ficar um pouco maior). Se for mais de um Vídeo, ajuste o tamanho para pouco menos de 8.5 Giga (exemplo, 8.2 Giga).

A seguir, clique em “Áudio”. Se seu Vídeo estiver já em AC3, deixe. Se não, troque para MP3, Bom, 192 kbps. :

audio
AJUSTANDO O ÁUDIO DO DVD.

3.  IMPORTANTE: Volte para Vídeo, e só então, clique em “Converter”. Seu Vídeo ou Filme estará sendo convertido:

CONVERTENDO MP4 PARA FORMATO MPEG DE DVD.
CONVERTENDO MP4 PARA FORMATO MPEG DE DVD.

4: DOWNLOAD: Converteu tudo? só Baixar e Salvar. Clique em “Download” :

BAIXANDO O FILME CONVERTIDO.
BAIXANDO O FILME CONVERTIDO.

5. RESUMO: Para fazer um DVD, você deve usar resoluções de 1080p, ou 720p, ou 720×576 (DVD PAL). Áudio em AC3 ou MP2, 192 kbps. O arquivo ficará com um tamanho variável entre 1.2 Giga  e 4,7 Giga ou 8.5 Giga, dependendo do tamanho do Arquivo de origem ou se tiver mais de um Filme.

B. PARA FAZER UM SVCD:

Semelhante ao descrito em A, porém você dever usar resoluções de 360p (360 Progressive Scan, 640×660 ou de TV , 640×480. Áudio MP2, 128 kbps. O tamanho do Filme convertido será de cerca de  800 Mega a 1 Giga e pouco. Ajuste para 650 a 680 Mega, se quiser que ele caiba em um CD.

C. PARA FAZER UM VCD:

Semelhante ao descrito em A, porém você dever usar resoluções de TV, 640×480 ou de 240p , 426×240. Áudio MP2, 64 kbps ou 128 kbps. O tamanho do Filme, sempre ajuste para 650 a 680 Mega. VCDs precisam caber (ou é praxe, tradição, que caibam) em um CD.

Importante salientar que serão VCDs modificados e melhorados, porque os VCDs antigos sempre usavam Áudio de 64 kbps ou 114 kbps, sempre MP2 (e não MP3 ou AC3) e nunca, em vídeo, eram “Progressive Scan”, mas sim entrelaçados.

D. O QUE FAZER COM OS FILMES CONVERTIDOS?

UsandoK3B, Brasero, GNOMEBaker ,XFBurn. ou SimpleBurn, Você pode gravar, queimar direto,  o arquivo (ou arquivos) do Filme(s), como “arquivo de dados”, em DVDs ou CDs.

É essencial (para muitos aparelhos) fechar o disco. Não use multisessão. Multissessão é para economizar mídia, mas neste caso, não funciona.

Como os Filmes convertidos são  MPGs, eles irão reproduzir no seu aparelho de DVD.

Se desejar sofisticar, grave os VCDs ou SVCDs como “Projetos de Disco de Vídeo”.

Para os DVDs, eles não são DVDs completos, são apenas Vídeos em formato DVD. Não gravarão direto como “Projeto de DVD”.

Em todo o caso, sempre você pode usá-los como entrada para fazer VCDs, SVCDs ou DVDs, usando DVDStyler, Mencoder , ou DeVeDe, como descreví em meus outros Artigos.

E. CONCLUSÃO:

Arquivos de Vídeo baixados da Internet podem ser usados como entrada em programas para fazer DVDs, SVCDs ou VCDs.

Mas é ainda mais fácil convertê-los simplesmente para MPG ou MPEG, e queimar como “Arquivos de Dados”, que eles já reproduzirão em aparelhos de DVD domésticos.

Muito, muito fácil!

Anúncios
Fazendo DVDs, SVCDs e VCDs. O que é Fácil, Pode Ficar Mais Fácil!

Um comentário sobre “Fazendo DVDs, SVCDs e VCDs. O que é Fácil, Pode Ficar Mais Fácil!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s