How-To :: Transmission GTK 2.92 no Debian


E agora veremos aqui como compilar e empacotar a versão 2.92 do Transmission no Debian Jessie, versão essa que sequer está disponível nos repos Stretch/Testing ou SID/Unstable.

transmission-2.92-007

Como dito no título, no exemplo demonstrarei a compilação e empacotamento da versão para ambientes GTK, ou seja, nada de daemon, cli ou qT! caso queira uma dessas opções basta modificar o comando de configuração, removendo uma das opções acrescidas por mim (–disable-qt –disable-daemon –disable-cli).

Dependências.

Comecemos pela instalação das dependências:

$ sudo apt-get update
$ sudo apt-get install autoconf automake autotools-dev build-essential ca-certificates checkinstall debhelper dh-autoreconf dh-systemd dpkg-dev intltool libappindicator-dev libcurl4-openssl-dev libevent-dev libglib2.0-dev libgtk-3-dev libminiupnpc-dev libminiupnpc10 libnatpmp-dev libnotify-dev libqt4-dev libssl-dev libsystemd-daemon-dev libtool pkg-config qt4-linguist-tools qt4-qmake 

Prosseguimos com o download dos sources do programa e a compilação e instalação manual:

$ wget https://download.transmissionbt.com/files/transmission-2.92.tar.xz
$ tar xf transmission-2.92.tar.xz 
$ cd transmission-2.92/
$ ./configure --prefix=/usr --sysconfdir=/etc --with-gtk --disable-qt --disable-daemon --disable-cli
$ make
$ sudo make install

Já se você é como eu e quer empacotar o seu pacote .deb, siga os passos abaixo:

$ wget https://download.transmissionbt.com/files/transmission-2.92.tar.xz
$ tar xf transmission-2.92.tar.xz 
$ cd transmission-2.92/
$ ./configure --prefix=/usr --sysconfdir=/etc --with-gtk --disable-qt --disable-daemon --disable-cli
$ sudo checkinstall -D --install=no
$ sudo dpkg -i transmission_2.92-1_*.deb

Este slideshow necessita de JavaScript.

intÉ!

Anúncios
How-To :: Transmission GTK 2.92 no Debian

2 comentários sobre “How-To :: Transmission GTK 2.92 no Debian

    1. É, esse passo de desinstalação da versão anterior eu esqueci de citar, mas o próprio APT trata de substituir o pacote velho pelo novo. O problema está no fato que os pacotes Debian são fragmentados em muitos outros enquanto este tudo fica num só.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s