How-To :: Debian Stretch + Backports (pós-instalação)


E não é que o Debian e eu nos reconciliamos! :), sério agora… existem apenas 3 distribuições que gosto de utilizar, não por acaso as maiores, mais completas e não tão difíceis, ok! abro uma exceção para o Gentoo! rsrs, mas são estáveis como rocha (Debian e Slackware), possuem vasto repositório (Debian e Gentoo), comunidade bastante ativa (o Slackware com seus SlackBuilds), portanto, a partir de agora serão somente estes os sistemas que utilizarei.

Voltando ao caso do Debian… veremos aqui um mini-guia de pós instalação do Debian Stretch, levando em conta que utilizei o CD1 (que vem com o XFCE como DE padrão).

Debian Stretch Backports + XFCE

Habilitando o Backports.

Comece por modificar o arquivo /etc/apt/sources.list, deixando-o assim:

deb http://ftp.br.debian.org/debian/ stretch main contrib non-free
deb http://security.debian.org/debian-security stretch/updates main contrib non-free
deb http://ftp.br.debian.org/debian/ stretch-updates main contrib non-free
deb http://ftp.br.debian.org/debian/ stretch-backports main contrib non-free
# deb http://ftp.br.debian.org/debian/ stretch-proposed-updates main contrib non-free

* observe que deixei comentado o repositório de Atualizações Propostas (Proposed Updates), habilite-o (descomentando a linha) se quiser.

Feito isto, execute os comandos abaixo:

# apt update
# apt -t stretch-backports install debdelta
# apt list --upgradable
# debdelta-upgrade
# apt -t stretch-backports dist-upgrade

Este slideshow necessita de JavaScript.

Personalizando

Este mini-guia refere-se à minha realidade, pode ser que boa parte dos pacotes citados aqui sejam desnecessários para um ou outro usuário, o foco da maioria dos que aqui citarei é tornar o Debian Stretch apto à compilação e empacotamento, além é claro de minimalista utilizando outro ambiente (OpenBox) em vez do XFCE (que por sinal está excelente nesta release), talvez até deixe-o aqui e passe a usá-lo!

* SEMPRE que você ver um pacote com o nome sucedido por um traço, isso significa que o mesmo não será instalado e SE estiver, será removido! caso do freepats (que já vem instalado), este por exemplo será visto assim: freepats-

Se não sabe para que serve esse ou aquele pacote, uso o próprio apt para pesquisar, exemplo:

edps@debian:~$  apt search dosfstools
Sorting... Pronto
Full Text Search... Pronto
dosfstools/stable,now 4.1-1 amd64 [installed]
  utilitários para criar e verificar sistemas de arquivos FAT do MS-DOS

udisks2/stable,now 2.1.8-1 amd64 [installed,automatic]
  serviço D-Bus para acessar e manipular dispositivos de armazenamento

edps@debian:~$ 

Removendo tralhas…

Começo por remover o que é inútil pra mim:

# apt --purge remove exim4-base exim4-config exim4-daemon-light installation-report mailutils reportbug telnet vim-common wamerican
# apt autoremove --purge

Este slideshow necessita de JavaScript.

Administração de Sistema…

Agora vamos aos pacotes de administração básica:

# apt -t stretch-backports install arno-iptables-firewall bleachbit checkinstall cpufrequtils deborphan disk-manager dosfstools fdupes gdebi gksu gparted hddtemp hdparm htop imagemagick lm-sensors lshw mlocate ntfs-3g ntp ntpdate os-prober pppconfig prelink preload python-notify rcconf rsync ruby secure-delete speedometer sudo synaptic testdisk trash-cli xbindkeys xbindkeys-config zenity freepats-

Pacotes -devs…

Tentando tornar o Debian tão completo quanto o Slackware para compilar e empacotar:

# apt -t stretch-backports install linux-headers-`uname -r` build-essential dkms packaging-dev

Este slideshow necessita de JavaScript.

E mais…

# apt -t stretch-backports install autoconf automake automoc autotools-dev bin86 binutils bison bzr checkinstall cmake cpp  devscripts dpkg-dev fakeroot flex g++ gcc gettext git intltool libasound2-dev libcurl4-openssl-dev libevent-dev libgl1-mesa-dri libglib2.0-dev libgtk-3-dev libgtk2.0-dev libncurses5 libncurses5-dev libnotify-dev libtool libxml2-dev mercurial mesa-utils module-assistant pkg-config qt4-dev-tools qt4-qmake subversion qt4-doc-

Compactadores/Descompactadores…

# apt -t stretch-backports install arj bzip2 cabextract gzip liblz4-tool lzma lzop ncompress p7zip p7zip-full p7zip-rar plzip rar tar unace unace-nonfree unalz unrar unzip file-roller xz-utils zip zoo gnome-user-guide-

OpenBox…

# apt -t stretch-backports install bash-completion compton conky-std dmz-cursor-theme dmenu dzen2 evince feh fluxbox galculator gmrun gnome-menus gpicview gtk2-engines-aurora gtk2-engines-murrine gtk2-engines-pixbuf leafpad lxappearance lxappearance-obconf lxmenu-data lxpanel lxrandr menu menu-l10n menu-xdg nitrogen numlockx obconf obmenu openbox openbox-menu sakura scrot suckless-tools thunar-archive-plugin thunar-media-tags-plugin thunar-volman tint2 tumbler xfce4-screenshooter xscreensaver xscreensaver-data-extra xscreensaver-gl xscreensaver-gl-extra gnome-user-guide-

K3B/SoundKonverter…

# apt -t stretch-backports --no-install-recommends install dvd+rw-tools faad flac icedax k3b k3b-i18n lame libdvd-pkg libk3b6-extracodecs mjpegtools mppenc soundkonverter sox vcdimager vorbisgain wavpack timidity- freepats-

Este slideshow necessita de JavaScript.

Flash e Java…

# apt -t stretch-backports install browser-plugin-freshplayer-libpdf browser-plugin-freshplayer-nacl browser-plugin-freshplayer-pepperflash freepats-
# update-alternatives --config flash-mozilla.so
# apt -t stretch-backports install openjdk-8-jre icedtea-8-plugin icedtea-netx freepats-
# update-alternatives --config java

* por sinal, o OpenJDK-JRE e o IcedTea já vem instalados!

LibreOffice…

# apt -t stretch-backports --no-install-recommends install aspell-pt-br ibrazilian ispell libreoffice-calc libreoffice-impress libreoffice-l10n-pt-br libreoffice-pdfimport libreoffice-writer myspell-pt-br wbrazilian

* também já vem instalado!

Navegadores, Email e BitTorrent…

Como infelizmente o Opera 12.16 não funciona no Debian Stretch, terei que utilizar um outro cliente de email, pego por hora o Mozilla Thunderbird:

# apt -t stretch-backports --no-install-recommends install thunderbird thunderbird-l10n-pt-br

E a seguir segue como instalar o Chromium ou o Firefox ESR, este que já vem instalado por padrão. E também como instalar o Transmission:

# apt -t stretch-backports install chromium chromium-l10n chromium-widevine firefox-esr firefox-esr-l10n-pt-br
# apt -t stretch-backports --no-install-recommends install transmission-gtk

Para aqueles que como eu preferem o Opera:

# wget http://download3.operacdn.com/pub/opera/desktop/47.0.2631.55/linux/opera-stable_47.0.2631.55_amd64.deb
# apt -t stretch-backports install apt-transport-https
# dpkg -i opera-stable_47.0.2631.55_amd64.deb 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Impressoras…

# apt -t stretch-backports install cups cups-pdf hplip simple-scan system-config-printer

* O HPLIP também já vem instalado!

Codecs e Players…

# apt -t stretch-backports install gstreamer1.0-alsa gstreamer1.0-libav gstreamer1.0-pulseaudio gstreamer1.0-plugins-bad gstreamer1.0-plugins-base gstreamer1.0-plugins-good gstreamer1.0-plugins-ugly libav-tools

# apt -t stretch-backports install cdparanoia dvd+rw-tools faad ffmpeg2theora flac flake id3tool id3v2 lame liba52-0.7.4-dev libfaad2 libid3-tools mpeg2dec mpeg3-utils mpegdemux mpg123 mpg321 mplayer mppenc musepack-tools normalize-audio regionset sox speex twolame uudeview vcdimager vorbis-tools vorbisgain wavpack wodim x264 x265 freepats-

# apt -t stretch-backports install handbrake handbrake-cli moc moc-ffmpeg-plugin smplayer vlc

* Observem que exceto o navegador Opera, não utilizei qualquer outro repositório externo, nem mesmo o deb-multimedia!

Temas e Ícones…

# apt -t stretch-backports install faenza-icon-theme numix-gtk-theme numix-icon-theme

Este slideshow necessita de JavaScript.

Fontes…

# apt -t stretch-backports install fonts-cantarell fonts-droid-fallback fonts-noto-mono fonts-roboto libfreetype6 ttf-bitstream-vera ttf-dejavu ttf-dejavu-core ttf-dejavu-extra ttf-freefont ttf-georgewilliams ttf-liberation ttf-mscorefonts-installer ttf-unifont xfonts-mona xfonts-terminus xfonts-terminus-dos xfonts-terminus-oblique xfonts-unifont

Encerrando por aqui, creio que com a instalação dos pacotes acima o Debian Stretch fique bem mais completo, por exemplo para compilar e empacotar, vejam o caso do meu player favorito, o Pogo Audio Player agora em nova versão, baixado via GIT, criando o meta-pacote de dependências, empacotando e instalando:

$ git clone https://github.com/jendrikseipp/pogo
$ cd pogo/
$ mk-build-deps 
$ sudo dpkg -i pogo-build-deps_0.9.2-1_all.deb 
$ dpkg-buildpackage -us -uc -tc
$ sudo dpkg -i ../pogo_0.9.2-1_all.deb 
$ sudo apt -t stretch-backports -f install

Este slideshow necessita de JavaScript.

Apt.conf…

Caso não queira ficar sempre digitando a opção -t stretch-backports, você pode utilizar o arquivo /etc/apt/apt.conf disponibilizado abaixo, desta forma a release stretch-backports será setada como padrão e bastará a você utilizar apenas apt-get install ou apt install:

APT::Default-Release "stretch-backports";
APT::Get::Purge "1";
APT::Cache-Limit "300000000";
APT::Get::AllowUnauthenticated "0";
APT::Get::AutomaticRemove "1";
APT::Get::HideAutoRemove "0";
APT::Install-Recommends "1";
APT::Install-Suggests "0";
Aptitude::Recommends-Important "1";
Aptitude::UI::Package-Display-Format "%c%a%M %p %Z %v %V %i";
Acquire::Queue-Mode "host";
Acquire::Languages "none";
Acquire::PDiffs "1";
Debug::pkgAutoRemove "0";
DPkg::NoTriggers "1";
DPkg::ConfigurePending "1";
DPkg::TriggersPending "1";
DPkg 
{
  Options {--force-overwrite;}
}
PackageManager::Configure "smart";

desenhando…:

edps@debian:~$ sudo nano /etc/apt/apt.conf
edps@debian:~$ sudo apt update
Obter:1 http://security.debian.org/debian-security stretch/updates InRelease [62,9 kB]
Ign:2 http://ftp.br.debian.org/debian stretch InRelease         
Atingido:3 http://ftp.br.debian.org/debian stretch-updates InRelease
Atingido:4 http://ftp.br.debian.org/debian stretch-backports InRelease
Atingido:5 http://ftp.br.debian.org/debian stretch Release        
Atingido:6 https://deb.opera.com/opera-stable stable InRelease
Baixados 62,9 kB em 2s (28,9 kB/s)
Lendo listas de pacotes... Pronto
Construindo árvore de dependências       
Lendo informação de estado... Pronto
All packages are up to date.
edps@debian:~$ sudo apt dist-upgrade 
Lendo listas de pacotes... Pronto
Construindo árvore de dependências       
Lendo informação de estado... Pronto
Calculando atualização... Pronto
0 pacotes atualizados, 0 pacotes novos instalados, 0 a serem removidos e 0 não atualizados.
edps@debian:~$ sudo apt full-upgrade 
Lendo listas de pacotes... Pronto
Construindo árvore de dependências       
Lendo informação de estado... Pronto
Calculando atualização... Pronto
0 pacotes atualizados, 0 pacotes novos instalados, 0 a serem removidos e 0 não atualizados.
edps@debian:~$ 

Conclusão…

A conclusão a que chego ao retornar ao Debian é que fizeram um excelente trabalho, a distro não está tão defasada como antigamente, continua rápida e consumindo poucos recursos, mesmo estando com o odiado SystemD. Não testei outros ambientes como o também excelente MATE, mas o XFCE mostra bem porque hoje é o DE padrão da distribuição, roda liso mesmo numa máquina velha, o sistema inicia consumindo pouco mais de 250MB.

Assim sendo, creio que o Debian continuará sendo uma ótima escolha nos próximos anos, mesmo que com suas escolhas tenha desencorajado boa parte da comunidade a usá-lo (eu inclusive).

t+

Anúncios
How-To :: Debian Stretch + Backports (pós-instalação)

13 comentários sobre “How-To :: Debian Stretch + Backports (pós-instalação)

  1. O Debian é o mais bem sucedido das distribuições GNU/Linux; melhorou muito nos últimos anos.

    Como um SO tradicional e da “velha guarda”, o Debian foi além e investe (e continua investindo) também em praticidade/usabilidade, algo que distribuições do mesmo nível do Debian (tempo de existência) deixam de lado – não que isso seja ruim para estas distribuições, mas é um diferencial se atentar aos novos tempos, onde a informação propaga-se de forma tão rápida.

    A tal “Ubuntização do Debian” é apenas uma falácia; o Debian adaptou-se e trouxe junto toda a sua estabilidade. Os princípios citados no link abaixo elucidam bem essa questão:
    https://www.debian.org/devel/debian-desktop/index.pt.html

    Hoje utilizo apenas o Debian em minhas máquinas, depois de utilizar por anos o Slackware.

    Curtir

    1. Esses caras que vivem dizendo que o sistema de pacotes do Debian é confuso são doidos ou ignorantes, se você não inventar não terá problemas.

      Quanto a modernização (descontando o SystemD), acho que esse Debian veio bem atualizado: MATE, KDE5, etc.

      E a tal Ubuntização ou o que difere o Debian disto se deve ao fato de ser um sistema de longo ciclo em vez dos 6 meses desses sistemas da moda.

      Aqui continuo usando o Slackware como sistema principal, também uso o Gentoo e o Debian, todos são sistemas que me permitem fazer quase tudo que eu preciso.

      Um abraço.

      Curtir

  2. serph disse:

    Muito obrigado por mais um (e SEMPRE bem vindo) passo a passo de como instalar o Debian com o XFCE. E combinou certinho com a chegada do meu ssd!
    Me desculpe por perguntar aqui mas tem como você me dar uma ajudinha no XFCE? Depois de tudo instalado, o meu usuário não consegue desligar, reiniciar, deslogar do pc, somente quando logo como root. Tens uma idéia da causa?

    Curtir

    1. A tela fica preta? ou seja não desliga?

      Se for isso tente executar:

      # systemctl restart
      ou
      # systemctl halt
      ou
      # systemctl poweroff
      ou
      # systemctl reboot
      ou
      # systemctl kexec

      Notei isso aqui, mas cacei o grupo “power” mas ele não elxiste para que eu pudesse adicionar o meu usuário.

      Assim que possível tentarei achar uma solução.

      Curtir

    1. Resolvi instalando o Obsession em meu OpenBox, usando o XFCE puro talvez nao rivesse resolvido.

      Voce tambem pode criar alias em seu .bahrc, quando possivel postarei alguns aliases pro seu caso aqui mesmo.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s