Encurtadores de URL: Breve História,Coletânea e Revisão.


Autoria de Alberto Federman Neto, albfneto

Atualizado em: 9 de Outubro de 2018.

1 . INTRODUÇÃO:

Após publicar minha revisão sobre os substitutos e alternativas ao PasteBin, faço mais uma contribuição relacionada, abordando e revisando  um outro tipo de serviço Web importante, os encurtadores de URL.

Os encurtadores de URL são bastante úteis para contornar a limitação do número de caracteres, em sites como o Facebook e principalmente, o Twitter.

Também são muito usados para facilitar, quando fornecemos ou compartilhamos  um Link. Até para tornar mais estético um post em um Fórum. São de uso bem prático.

Todavia, seu uso é controverso. Veja o Artigo de Jane Copland, da Mozilla. Muitos acham complicado para retornar ao link principal, e outros, os consideram inseguros. (Outros Sites: Link1; Link2 ; Link3 ; Link4; Link5; Link6 )

De acordo com o Blog Rebrandly, a Web foi “inventada” em 1989, aperfeiçoada em 1994, mas somente em 2002 o primeiro encurtador de URL foi desenvolvido: O TinyURL.

Ele foi criado por Kevin Gilbertson , usando como base  uma descoberta, desenvolvimento tecnológico, do ano 2000,  com o depósito de patente, (publicada em  2005): É a patente Americana 6957224, dos Cientistas:  MEGIDDO e McCURLEY, da  IBM, International Business Machines Corporation.

O próprio site Rebrandly  também tem seu encurtador de URL.

Nesta revisão, citarei e abordarei um bom número de encurtadores de URL, relacionados quando possível,  por país. Porque existem muitos.

Atualmente, alguns dizem pagar ao usuário. Outros , exigem registro, alguns ainda são privados, de uso exclusivo por companhias, governos ou sites. Exemplos: O URLSS é exclusivo para uso da Universidade da Flórida. O FPFIS só pode ser usado pela European Comission For Internet.

2. OS PIONEIROS:

Após o surgimento do TinyURL, seguiram-se outros, como o Bit.Ly (2008) SnipURL (2008, atualmente offline) e o Ow-Ly (2009).

de 2002 é o NotLong. Bem antigo também, é o Fly.To (EUA) Eu não localizei a cronologia exata dele na internet, mas sei que é antigo porque usei muito ele, entre 2004 e 2006.

O Abreviate Me, Abv8.Me, é de 2009.

Em 2010, surgiu o TRIM,  do Reino Unido. Também é de 2010, o hoje descontinuado Goo.Gl, da Google.

Em 2014, já existem o Awe.Sm (extinto); ShortSwitch (extinto); DropLr (não é mais um encurtador, e sim um editor especial); BudURL (hoje, é o Bl.Ink)

O próprio Bit.Ly migrou posteriormente para uma plataforma na nuvem, da IBM.

3. VÁRIOS:

No momento presente, existem muitos e muitos encurtadores de URL. Vamos ver vários, a maioria são dos EUA.

Um dos  melhores  e mais usados é o próprio Bit.Ly. Ele é dos EUA e baseado nele, foi feito o serviço encurtador  de URLs do governo Americano, o Go.USA.Gov.

Há outros serviços encurtadores de URL, ligados a emprêsas, como o “Good Morning America”, GMA, da rede de TV ABC.

Outro dos principais é o Adf.Ly.

Pelo uso extensivo, alguns dos serviços de encurtamento de URLs tornaram-se muito conhecidos. É o caso do T.Co, do Twitter, e do Goo.Gl da Google. Este último, encerrado em Abril deste ano.  O antigo Fb.Me, do Facebook (2010). Atualmente parece não existir mais.

Existe também o Y2u.Be, encurtador do Youtube. Bem conhecido também é o Bit.Do.

O AdFly.Com parece descontinuado. Também o ReduceLnk. O serviço encurtador de URLs da McAfee. Outros descontinuados: Nn.Nf; Tr.Im; Rt.Tc; Sn.Vc; Cli.Gs; Lnk.In; Pnt.Me; KarmaCracy; Tiny ArrowsFly2.Ws; Huge.URL ; Po.St; Ne1.Net; W3t.Org; Www.X.Se. DumPr.Info; TrimURL.Us ; Su.Pr; Binged.It era Italiano e era da Microsoft, mas não existe mais. Linkis.Com, agora é Ridder.Co.

Também parece extinto o Fur.Ly. Ele tinha como diferencial poder encurtar várias URLs ao mesmo tempo.

Baseado no antigo encurtador da Google, é o bom serviço Goo.By. Eu tenho usado.

Vários outros encurtadores de URL:

O GoDaddy, exige registro. Também precisa registro para o AdPopMe (é de Montenegro, Europa), o SPaste e o WordLinx. Assim também o CapsuLink.1-LinkOne, mas é considerado inseguro. Também considerado pouco seguro é  o www.5x.to.

O Click.Me. O Buff.Ly , do site Buffer. GetsURL. Cutty.Ly, My365Cloud;  

     HiveAM; AdFly.Me; Doiop.Com; Cutt.Us; AdFly.Eu; FlyLink.Io; ShrtFly; LinkRex.Net; LinkBucks; QR.Net; ShaddyURL; Url.Ie; LinkRex; DZ4Links; U.To; ShorlOke.Io; NotLong; Tiny.Ie; URLGTShortForFree; Zi.Ma; o Vivads; AdBilty; Ity.ImBit-URLLinkZero; ShrinkEarn; CLKimPaySkip; ClicTune; Ouo.Io; PureURLs; CPMLink; ShLinkMoneyMachin; Cut-URLs; NotLong ; Cut-WinLinkShrink; U2S.Io; Shortzon; Cut4Links; HowCheckThis; CutIt.OrgPetty.Link; Eddystone; URLTrimmer; Al-Ly; MuURL; UJV.Me; Link-Rag; LinkTor.Io; T2M.Io; Uii.Io; Shrt.Fly; TinyURL; URLShortener.Biz; Trimm.Link Clicks.Fly; ReShort; LinkLic; MitLy; AdBullTwixar; IPLogger URL ShortenerWiCr; 

Em particular, bonito é o RoyalURL.

Alguns são Livres e de Código Aberto, e são programas para você fazer seu próprio encurtador de URL:  YOURLS , LessNMore e PoLr

Também se pode usar Plugins Encurtadores, de Navegador ou de WordPress. Mesmo há Aplicativos para Android.

4. VÁRIOS PAÍSES E INTERNACIONAIS:

O ShortURL, da Áustria. O também  austríaco URLShortener. AdLinkFly é da Geórgia (não o Estado Americano, mas o País Europeu Geórgia).

Ouo.Io (do Internet Computer Bureau, Inglaterra). o Shink, e o Nsfw.In, da Índia. Também é da Índia o Elbo.

O usuário e leitor  Josué Santos (vejam Comentários deste Artigo) me forneceu (Obrigado!) o link para o encurtador de URLs Drw.Sh, da Rússia. Ele é feito e hospedado pela empresa de antivírus Dr.Web.

O Is.Gd é de Grenada. De Grenada, também o V.Gd. Também o Soo.Gd.  O Bc-Vc, de São Vicente e Granadinas. O australiano Tiny.CC 

O Take.Flyt.It, da Itália. Também são Italianos o Smart.URLYEP.It e o Kutt.It. O LsTu é Francês, assim como o Zapier URL Shortener. Outro Link.

O Clk.Sh, hospedado na possessão britânica de Santa Helena. Shorte.St, de São Tomé e Príncipe. Dwindly, da Holanda;  Também é Holandês o twurl.nl 

O AAL, da Albânia; WQ.lt, da Lituânia.  Fas-Li, de Liechtenstein. De Liechtenstein, também o Trim.Li. O ZLShorte, da Espanha. O também Espanhol Short. Também o GoldShorten. Gii é da Polônia.

O extinto 23o.Net era do Japão. O TRIM é da Inglaterra. Gii é da Polônia. o URL9.de é da Alemanha, mas é de uso restrito aos membros da companhia. AZOBIT também é Alemão. O Teil é Espanhol (também restrito).

O Bits.Yt,  é da possessão francesa de Mayotte, África.  RNURL é da República Centro Africana.  O URLCero, parece ser Espanhol, mas está hospedado nos EUA. Um que é Chinês, mas hospedado em Montenegro, Trtd.Me

Zii é de Belize. O Igram, de Isle Du Man, uma possessão Inglesa do Mar da Irlanda, entre a Inglaterra e a IrlandaSMO é da República Dominicana. O TokenFly, de Palau, uma Ilha do Pacífico, na Micronésia.

5. LATINOAMERICANOS:

ShortPE, do Peru;  Também Peruano é o Ad-Hy; e também o Won.Pe. O extinto URLE, da Colômbia; o Shorted, também Colombiano.

6. BRASILEIROS:

O Adf.ly. Ele não é Brasileiro, mas tem servidores aqui e em vários países do mundo.

Vários encurtadores de URLs Brasileiros não existem mais. Por exemplo, havia o NaoFo, hospedado na Alemanha. Também descontinuado, o Romae Tiny.

O excelente serviço Brasileiro Migre.Me. Desenvolvido por Johnny Ken. Está extinto. Um bom substituto para o Migre.Me, é o Migla.Me. Eu tenho usado.

Também extinto o brasileiro, mas hospedado na Índia: MiUd. Não mais existe o PDH, Brasileiro, mas hospedado na Colômbia. Nem existem mais o 9Mil.Net; Vai.La, e o Assista.La,

Mas ainda existe o MooURL.Me de Rodrigo Franco. Brasileiro também é o Plog. o MaxMin, também.

Outros Brazucas são: o IMPBr. O encurtador do Sites.Gratis. O LinkWix. O Sort3.Me e o Neds.Ml, Brasileiro mas hospedado no Mali.

Bom serviço encurtador é o brasileiro AdFlyk. Eu tenho usado. Também uso o Encurtador.

Veja também o AbreAi, e o EncurtaNet. o Abre.Ae,  o CutURLs, (hospedado na Colombia). O Twixar brasileiro (homologado pelo Americano GoDaddy). O OlhaAi , O CurtaIPTV.Top , o G5IPTV.Live .

O BitLi  não é brasileiro, mas parece hospedado em Liechtenstein, e tem suporte a Português.

Alguns são Oficiais de companhias ou empresas. Um exemplo é o encurtador de URLs brasileiro do Senac de Santa Catarina. A USP (onde trabalho) tem seu próprio encurtador de URLs, mas ele é de uso restrito à Comunidade USP: o E.USP.Br.

7. COMO RECUPERAR A URL ORIGINAL, SEM PRECISAR ACESSÁ-LA?

Existem sites que recuperam a sintaxe da URL original, como era, antes de ser encurtada. Mas isso também pode ser feito por certos plugins de navegador, por scripts  e até por códigos, programas, tanto para Windows como para Linux.

Unshorten, da Itália, é um site “expansor” retorna o link original , que tinha sido encurtado.

Outros expansores de URLs encurtadas: Unshorten.Me; UnShort.Org; GooGlBulk; CheckShortURL; LengThenShort; CekPR; Online URL Unshortner; LinkExpander ; LinkUnshorten ; TrueURL; UnTinyURL; LinkPeelr; GetLinkInfo; UnFurRl ; WhereThisThisLinkGo; Short URL Expander; Tools Void UnShorten URL; URLXRay; UnshortenURL; Unshorten.Link; LongURL.MlUrlex;

Alguns expansores não existem mais. O expansor KnowURL, está descontinuado. Untiny.Me, também. Assim como o Unshort.Tk (citado aqui). LongURL.Org, também não existe mais.

8. RESUMO E CONCLUSÃO:

Este Artigo descreve e cita vários Sites de um tipo importante e bem usado. São os Encurtadores  de URLs.

Também contém uma breve História deles.

Vários links descontinuados ou offline, são citados, por razão histórica. Simplesmente porque esses encurtadores de URL, um dia existiram.

Anúncios
Encurtadores de URL: Breve História,Coletânea e Revisão.

2 comentários sobre “Encurtadores de URL: Breve História,Coletânea e Revisão.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s