Artigo Técnico. Sôbre os Formatos de Vídeo e Conversão. Vamos Arrumar a Bagunça?


Autoria de Alberto Federman Neto, albfneto

Atualizado em 13 de Junho de 2016.

Bom, o assunto não é Linux Puro, mas é interessante e relacionado.

Muitas pessoas, em Linux ou em Windows, ouvem rádio ou música, direto no Navegador, no Site da Rádio ou em Sites como por exemplo o Radiotuna , o MP3Skull. Pode usar pequenos pacotes para isso, como o interessante RadioTray .

Inclusive, vocês sabiam que existe também muita música independente e livre, de boa qualidade, e sem direitos autorais? (como nos Sites Jamendo e Magnatune)?

Claro que também existem os Filmes e os Vídeos, assuntos principais deste Artigo Técnico!

1. PARA QUEM GOSTA DE PRATICIDADE:

Para quem é avesso a ler extensos Artigos Teóricos, resumo aqui, no Ínicio do meu Artigo, o Objetivo Principal dele, que é discutir diversos formatos de Vídeo e/ou Áudio procurando compatibilidade para diversos Aparelhos e Dispositivos:

Se vai reproduzir no Microcomputador, não se preucupe, tudo vai tocar!

Se vai reproduzir em um Smartphone novo ou muito moderno, prefira os formatos MP4 ou MPG. Se desejar não gastar muito espaço do seu cartão de memória, use os formatos 3gp, 3gpp.

Se vai reproduzir em um Smartphone antigo, melhor gravar os Vídeos só em 3gp ou 3gpp, para garantir que o seu Vídeo ou Filme vai reproduzir.

Se vai fazer um DVD ou um VCD para usar no seu aparelho de DVD da sua Casa, talvez avi reproduza, mas é melhor partir de Filmes ou Vídeos em mpg , mpeg ou convertidos para esses formatos. Alguns pacotes de gravar DVDs já farão a conversão para você.

Em último caso, se tiver pressa, nem precisa montar o DVD ou VCD. Você simplesmente grava, como “DVD de Dados”, usando K3b ou Brasero, normal, depois “fecha” o DVD (grava sem multisessão). Mas antes ,converta todos os seus Arquivos para avi, mpg ou mpeg.

Mesmo que o Manual diga que os MP4  são compatíveis, não é todo MP4 que vai reproduzir. Geralmente, vídeos em DivX reproduzem normalmente.

2. INTRODUÇÃO. ASSISTIR E/OU BAIXAR OS VÍDEOS:

Para você ver Filmes e Vídeos, o jeito fácil, que todo Mundo conhece!

Vai no Youtube (ou Sites similares, como o Vimeo). Neles você pode assistir o Vídeo ou o Filme diretamente do Navegador.

Se quiser baixar, além de assistir, use um complemento de Navegador Firefox, como o   VideoDownloader ou o DownloadHelper

Este último tem uma Tecnologia chamada ADP, que baixa os streamings de Vídeo e Áudio, separadamente e os reúne depois de convertidos. Mas na prática, não encontrei muita diferença em baixar pelo modo normal do DownloadHelper.

Em linha de comando, você também pode baixar. você pode usar um prático  pacote, chamado youtube-dl (feito por um Brasileiro inclusive). O uso dele foi demonstrado aqui pelo EDPS, o Dono deste Blog. Veja também: ClipGrab e CClive.

Também pode usar baixadores online, como o  VideoGrabber, KeepPHD, Save Video, DownVids ,Save Vid e outros Sites.

Como Baixar Vídeos sem Instalar Programas.

3. VÍDEOS E COMPATIBILIDADE:

Vocês também sabem: depois que  baixou e salvou…

Seu Desktop, ele tocará qualquer coisa: DVDs, CDs, Arquivos de Áudio e Vídeo, CDs de Música etc…

A coisa muda de figura quando se trata de outros dispositivos….

Em Teoria, seu Aparelho de DVD de casa, seu smartphone, sua TV HD Digital… deveria reproduzir tudo….

Na prática, nem tudo vai tocar no seu Smartphone, na sua TV Digital, e mesmo se você espetar seu pendrive com Vídeos e Músicas no seu aparelho… pode não tocar!

Isso, por que? Porque há um grande número de formatos de Áudio e Vídeo, que podem ser gravados em condições diferentes e nem sempre a  compatibilidade é boa.

Exemplo, seu aparelho DVD deveria reproduzir MP4, mas não todo MP4… Outros exemplos: Smartphones antigos não tocam MP4 (só 3gp e 3gpp); Certos Aparelhos de DVD também não tocam MP4! Por exemplo meu DVD marca Haier 6200-2 (Americano, mas fabricado na China) não reproduz MP4 puro.

De uma maneira geral, muitos dos Aparelhos de DVD domésticos, mesmo novos, reproduzem AVI, DiviX e MPG (codificado tipo MPEG-1 e MPEG-2, mas não MP4, que é MPEG-4).

Mas e se vocês quiserem gravar o filme ou o vídeo para tocar no aparelho de DVD da sua casa?

4, FORMATOS DE CODIFICAÇÃO DE VÍDEO:

Existe uma grande confusão, uma bagunça de formatos diferentes! O que devo usar? Devo fazer um DVD ou um VCD?

Este Artigo tem por objetivo ajudar você nestes casos. Vamos começar dando uma visão geral sôbre a Nomenclatura complicada e os vários formatos e Codecs existentes.

O vídeo pode ter a extensão .mpg ou .mpeg. Significa que ele é um padrão MPEG (Movie Picture Expert Group Standard).

O Original, de 1993, é chamado Phase 1 e foi inventado para digitalizar e comprimir os antigos vídeos VHS (dos videocassetes). O mesmo Grupo, depois, desenvolveu e patenteou as Fases (Phases) 2, 3 e 4. A saber são as MPEG-2, MPEG-3 e MPEG-4.

A “parte” das MPEG-1 e MPEG-2 que contém o som é chamada de MPEG-1/2 Audio Layer 3  (camada de áudio 3 das MPEG-1 e MPEG-2). Eventualmente conhecida também por MPEG-Layer 3, MPEG Camada 3. Sim, é a popular extensão .MP3 , tão usada para as músicas.

Nas MPEG-3 e MPEG-4, o Áudio e o Vídeo já estão integrados. Em muitos dos Vídeos atuais do Youtube, eles já tem extensão .mp4.

MP4 é MPEG-4-AVC (Movie Picture Expert Group Phase 4 Advanced Video Coding), também chamada de MPEG-4 Parte 14 (porque haviam sido feitas durante seu desenvolvimento, 13 fases anteriores). Para simplificar a sigla, mantém-se a Extensão simples, MPEG Phase 4, MP4.

Seu Vídeo, que baixou, também pode ser eventualmente um AVI, extensão .avi . Principalmente se ele for mais antigo.

AVI é Audio and Video Interleave (inventado pela Microsoft) Áudio e Vídeo entrelaçados, escaneamento de áudio e vídeo simultâneo, ao mesmo tempo (assim também como ocorria nos sinais analógicos de varredura das antigas TVs). É o oposto de P-Scan, Progressive Scan, Varredura Progressiva, (que provávelmente, seu aparelho de DVD moderno, tem).

Um aperfeiçoamento do AVI é o DivX (da emprêsa Americana de mesmo nome) um tipo de arquivo .avi onde os “frames” iguais, estáticos, são repetidos, invés de redigitalizados.

Uma modificação melhorada do DivX, e da mesma empresa é o: DivX Plus Tech Preview. Esse formato foi aperfeiçoado por uma empresa Russa, a Matroska, dando origem ao MKV, Matroska Video,  extensão .mkv. Também chamado de formato Matroska.

Seu vídeo também pode ter extensão .3gp ou  .3gpp.  É o Third Generation Partnership Project

Um formato bem compacto e muito bom para os Smartphones mais antigos. Ele foi feito não só pelo pequeno espaço de armazenagem dos velhos celulares, mas também para ter uma transferência rápida nas redes sem fio.

Um formato novo (Livre e aberto!) que eventualmente seu Vídeo possa ter é o WebM (das emprêsas Google, Mozilla e Opera), extensão .webm. Ele combina uma streaming o de vídeo VP8 com uma compressão Livre Ogg Vorbis . O todo é encapsulado, comprimido pela mesma Tecnologia usada no Matroska.

Em Ogg Vorbis,  Ogg é só a parte de Vídeo e Vorbis é só a parte de Áudio.  A  extensão é .ogg .  Ogg Vorbis é uma modificação livre do MP3 e do MPEG .

Ogg Vorbis, um Substituto Livre do MP3.

Também, se o Vídeo que você baixou foi um pouco antigo (antes da Tecnologia HTML-5), ele pode vir em formato FLV extensão .flv. É um Flash Video, do Adobe Flash Player.

Outros formatos vão ser menos comuns de se  encontrar atualmente.

Exemplo o FLAC, Free Lossless Audio Codec, Codec de Áudio Livre e sem Perdas. Fluxo de Áudio puro, de baixa compressão e sem perdas.

Também o M4A, que é uma modificação da Apple do Formato MPEG-4, geralmente usada para Áudio. É mais comum encontrar esse formato, nos arquivos de um Tocador Coreano chamado GOM PLayer.

Um formato antigo, outrora comum, hoje não o é, pois os arquivos ficariam muito  grandes.  WAV, extensão .wav. (Waveform Audio and Video) Inventado pela Microsoft e a IBM. Ele usa o empacotamento, o container ,do antigo  RIFF (Resource Interchange File Format).

O WAV é um formato sem compressão e em geral , o Áudio é modulado por pulsos (PCM). Com essas características de modulação também existe o AIFF (Audio Interchange File Format) (da Apple).

Também da Microsoft são o MIDI (para música e notas musicais, não aceita modulação falada) e o WMA (Windows Media Audio), um formato de compactação semelhante ao MP3 só que Proprietário.

Durante o desenvolvimento do MPEG-4 – AVC, MP4, (veja acima), uma das fases do desenvolvimento (a MPEG Fase 10) ficou conhecida e foi tornada um padrão Internacional, como H264. Um formato de compressão e transmissão de Vídeo, de uso crescente em TV Digital.

Outro formato, não comum, mas que pode ser eventualmente encontrado, é o MOV, extensão .mov.O formato é da Apple e antes, específico do tocador QuickTime.

Nos dias atuais, pode ser reproduzido por vários tocadores, mas ,não sendo padronizado Internacionalmente, frequentemente não reproduz em aparelhos de DVD.

Outrora muito comum em computadores com Windows (principalmente para fluxos de RadioWeb), o formato Real Media, RM, da RealNetworks , hoje não é  mais corrente, mas sim  se encontra (de vez em quando) um sucessor dele, o Real Media variable bitrate, RMVB, arquivos .rmvb .

De modo semelhante ao MP4, O RMVB  também usa o codec tipo MPEG-4.

Dois formatos novos: AVCHD, Advanced Video Codec High Definition, e BDMV , BlueRay Disc Movie, ambos de Alta Definição (HD) e derivados do BlueRay.

5. GRAVAÇÃO NO DISCO. PRODUÇÃO DA MÍDIA FINAL:

E o Formato para gravação? Em que formato devo gravar meu disco?

Na realidade, claro que existem diferenças de qualidade, resolução e definição entre os formatos de codificação e de compressão e também quanto ao formato de gravação do disco… Exemplos alguns formatos são Alta Definição, outros não.

Mas não é o objetivo deste Artigo direcionar para o melhor formato, mas sim para o formato mais prático para o uso no seu aparelho ou dispositivo.

Na prática do dia a dia, a não ser que tenha uma TV de HD, de Alta Definição, não notará grande diferença… o filme será “assistível” , mesmo que gravado em formatos mais antigos.

Atualmente, o mais comum, padrão e o mais usado é o DVD (Digital Versatile Disc).

Mais novo que o DVD é o BlueRay , onde os discos tem maior capacidade de armazenamento. Mas ainda não emplacou no Brasil (por causas possíveis estão o alto custo dos aparelhos e a farta distribuição de conteúdo de vídeo via Internet)

Derivado do BlueRay é o novo formato AVCHD (Advanced Video Codec High Definition).

Um formato clássico, que é um dos mais antigos, é o VCD (Video Compact Disc), derivado do primitivo LaserDisc (onde a gravação era Digital mas a codificação era Analógica). No formato VCD, o vídeo geralmente é codificado em MPEG-1.

Variantes derivadas e melhoradas do VCD, são SVCD (Super Video Compact Disc) XSVCD (Extended Super Video Compact Disc) e XVCD (Extended Video Compact Disc).

Hoje é considerado obsoleto, mas o VCD é um formato que eu gosto (pela praticidade).

Se seu filme já é grande mesmo antes de converter, ou você só tem mídias pequenas (CDs e DVDs de 4,6 Giga) ou se quer gravar mais de um filme no mesmo disco, você pode tentar o VCD, porque a qualidade do vídeo final é boa o suficiente para assistir tranquilamente.

6. CONVERSÃO DE VÍDEOS:

Há um grande número de conversores online de  Imagens, Áudio e Vídeo,  extratores de Som etc… acessáveis via Navegador, sem instalar nada:

Exemplos: CoolUtils; Go2Convert; Ezimba; Online-Converter; PictureSize (converte imagens) ; Imverter (também para converter imagens); Online Image Editor; ClipConverter ; Online-Video-Converter; ConvertVideoOnline; Youtube-MP3; OnlineConvert; Convert2-MP3; Freemake-VideoConverter; ZamZar; ConvertFiles; ApowerSoft; HdConvert; Online Movavi; BenderConvert; BR-CCM (Software Livre); MP3Fiber; YTConv; pt-Office Converter; Free VideoConverter; 2Conv; AudioChief; AVSForYou; VidToMP3; ConvertYouTube; FLVTo; GetAudioFromVideo; You Convert It; Vixy; CatchVideo;VideoRipper; Files Online Converter; Archive Online Converter; Clip DJ; IMToo; YonVerter; Online Converting; Convert For Me; Image To Video; Audio Extractor; Video Download Capture; Your Video Converter etc… etc… Tem muitos!

Um conversor online que recomendo, porque converte arquivos de entrada de até 2 Giga de tamanho e permite trocar os codecs, as opções e dimensionar o arquivo final. Excelente, experimente:

Online Video Converter.

Portanto, mesmo sem instalar nada, você pode converter os formatos para gravar seu DVD ou VCD.

Além disso, sem falar de software para Windows (não é o objetivo deste Artigo) há muitos pacotes, instaláveis, conversores para Linux, alguns já incluem o  pacote gravador para fazer o DVD, a mídia final.

Basta instalar o pacote e usar: Transcoder; Sound Converter; Pitivi; GNormalize; KDE Sound ; Converter; WinFF (Uma GUI de ffmpeg); VCD Imager GUI; HandBrake; DeVeDe (veja também meu Artigo sôbre o DeVeDe) ; DeVeDeNG; DVDStylerVasha; OpenShot; FF Multiconverter; Man DVD; AvidemuxBombono DVD Creator; Multimedia Converter  ;VLC+Audacity etc… etc…

Para converter e gravar, pela facilidade e praticidade, sugiro a você que experimente usar o DVDStyler. Recententemente, publiquei aqui um Tutorial.

Mesmo alguns Tocadores (Parte 7), como o VLC e o Miro, podem converter vídeos. Se desejar, use o próprio Navegador e o DownloadHelper (Veja Parte 2) para fazer a conversão, enquanto baixa.

Se quiser, você pode editar o vídeo antes de salvar ou converter. Veja Avidemux e Cinelerra.

Não quer usar nada gráfico… então vai na Raça! Corajoso! Rs! . Você pode usar comandos, terminal.  Então, pode converter e/ou  gravar com: HandBrake:

Conversão de Vídeos com o HandBrake.

Script para Converter Vídeos com o HandBrake.

FFmpeg:

Video. Usando FFMpeg.

Converting Video Formats Using FFmpeg.

Convertendo Qualquer Formato de Vídeo com uma Simples Linha de Comando.

CDRecord; MkIsofs; MenCoderK9Copy; Growisofs; DVDAuthor;

VCDImager; Tovid; Genisoimage etc…

Alguns exemplos detalhados do que pode ser feito:

Usando várias Ferramentas para Gravar DVDs e VCDs.

Usando DVDAuthor, Genisoinmage e Growisofs.

Convertendo e Gravando DVD, usando Mplayer, mencoder, DVDAuthor, growisofs e Outros Pacotes Livres.

How to Convert Video Files.

Gravando DVDs com DeVeDe e Avidemux.

Gravando DVDs com DeVeDe, mkisofs e K3B.

Três Maneiras Diferentes de Criar DVDs.

All About Converting From Several Video Formats to DVD.

Uma Revisão dos Formatos com Ênfase em Formatos para TV Digital. DVD x VCD e SVCD..

7: TOCADORES:

Já gravei meu Vídeo ou Filme. Como assistir? Como tocar as músicas?

Bom!  tem muitas opções: Miro; Kodi (antigo XBMC); VLC; Real Media Player; mplayer com gmplayer, KMPlayer ou SMplayer; Banshee; Kaffeine; Totem; Parole; Plex; Clementine, Amarok; Bino3D; TomaHawk; Exaile; QMMP:

QMMP, um Tocador Parecido com o Winamp.

QMMP (ainda mais atual) no Debian Wheezy.

AIMP (Sites: Versão 2, Americana e a Versão Original, Russa) ; Audacious; Dragon Player; Rhythmbox etc… etc…

Não quer usar Tela gráfica nem para tocar seu Arquivo Multimídia? Não tem problema, várias opções em linha de comando:

10 Console Music Players.

Também há vários  tocadores online, sem instalar nada: LisTube; Online Music PlayerFreemake Player; PlayListCom; Zumo Player etc…

8. TESTES E CONSIDERAÇÕES FINAIS:

Como foi visto no Artigo, uma das minhas preocupações foi com a compatibilidade, principalmente com os Aparelhos de DVD domésticos. Por isso, fiz vários testes.

Equipamentos usados:

Aparelho de DVD Haier, Modelo 6200 (O Aparelho é de emprêsa Americana, mas fabricado na China). Este Aparelho tem características interessantes: Ele tem  uma Saída HDMI ,High Definition Multimedia Interface. Para TVs mais simples, ele também conta com Saída de Vídeo Componente e o normal, Vídeo Composto com Áudio  Analógico Estéreo (Conectores RCA). Também conta com recursos de Saída de Áudio Analógico 5.1 (algo ainda pouco comum nos Aparelhos Domésticos de DVD).

Computador AMD Phenon, Bulldozer, FX-8150, 8 núcleos, 64 Bits, com 16 Gigabytes de Memória RAM, DDR3. Sistema Operacional Sabayon Linux, 64 Bits, 16.05, atualizado, e

Computador AMD Athlon X2, Duplo núcleo, 64 Bits, com 8 Gigabytes de RAM, DDR2, Sistemas Operacionais: Sabayon Linux, 64 Bits, 16.05, atualizado, e Windows 7 Ultimate, 64 Bits.

Softwares (Windows) e Pacotes (Linux) utilizados: Vários foram testados e usados, dentre outros, para Linux: DeVeDe, Multimedia Converter:

Multimedia Converter no Ubuntu.

Multimedia Converter, um Interessante Frontend para ffmpeg.

Convertendo Formatos de Áudio e Vídeo.

, ffmpeg, dd, K3B, Brasero, XFBurn, CdrecordAvidemux etc… e para Windows:  Windows Movie Maker, Any Video Converter, Ashampoo , BurnWare Free, CDR Tools/Cdrecord para Windows, AstroBurn Lite etc… Também foram testados Conversores de Vídeo Online, diversos.

Gravei vários DVDs, Vários VCDs, alguns arquivos foram gravados diretamente, como dados etc… Algumas vêzes, o Arquivo foi convertido de MKV, AVI ou MP4,para MPEG com Qualidade de DVD, e depois gravado como VCD.

Com meus testes, verifiquei que meu Aparelho de DVD reproduz bem e com qualidade: DVDs, VCDs, SVCDs, mas não reproduz AVCHDs.  Arquivos .avi, .divix,  .mpg, .mpeg são sempre reproduzidos, mas arquivos .mp4  e .ogg , alguns reproduzem e outros, não. Não consegui reproduzir arquivos Matroska, mky , mas de acordo com informações na rede, só aparelhos BlueRay os reproduzem.

Esse comportamento possívelmente, não é geral. Em seu Aparelho de DVD, pode ser diferente, mas se você escolher arquivos .avi ; .mpg ou .mpeg , não deverá ter problemas. Também grave seus Vídeos na Mídia, com velocidade baixa, 4X.

Ainda faço mais uma observação. Se possível, use Computadores Grandes, de alta performance, para converter vídeos. Pois não  é fácil fazê-lo em máquinas pequenas. Alguns recomendam até uso de Workstations dedicadas.

Em minhas duas TVs simples: uma CCE de tubo (obsoleta, mas eu gosto dela) e uma Antiga Samsung LCD (não eram ainda LED), mas já com Alta Definição, mas ainda recebendo só sinal analógico. A minha já está equipada com um Conversor Digital Marca Tomate, modelo MCD-888.

Nessas TVs, não notei muita diferença de qualidade entre a Imagem e o Som de um DVD, um VCD e/ou arquivos mpg, mpeg e avi. Claro está que a TV de Tubo tem resolução- definição mais baixa, máximo de 470i, entrelaçados enquanto que na Samsung se atinge 1080p P-Scan. Mas em todo o caso, os Filmes são assistidos com boa qualidade em ambas.

9. CONCLUSÃO:

Este Artigo discute vários formatos de Codificação de Mídia e especifica os formatos mais compatívels (não necessáriamente os melhores) para cada Aparelho ou Dispositivo.

Também sumariza grande número de Tocadores e Conversores de Áudio e Video.

 

 

Anúncios
Artigo Técnico. Sôbre os Formatos de Vídeo e Conversão. Vamos Arrumar a Bagunça?

2 comentários sobre “Artigo Técnico. Sôbre os Formatos de Vídeo e Conversão. Vamos Arrumar a Bagunça?

  1. Excelente artigo Alberto.

    Primeiramente gostaria de agradecê-lo por vir levando o blog já durante algum tempo.

    Eu estava com problema em minha autenticação (que era em dois passos), a segunda etapa via confirmação de código por SMS, daí meu chip do smartphone queimou e fiquei sem receber os SMSs, o que só pude resolver esta semana.

    Quanto ao artigo, abordar tão vasto assunto não é tarefa para qualquer um, somente pessoas com vasto conhecimento como você são capazes de fazê-la.

    E se pensar em expandir um pouco, ou mesmo uma segunda parte, somente as denominações de formatos de vídeos atuais já dão assunto para uma “bíblia”: BlueRayRip, BDRip, HDRip, CamRip e tantos outros.

    Interessante notar o quão bem o AIMP roda no Linux, tem horas que o acho melhor que muito player de áudio nativo, somente nunca testei suas funções de ripador (conversor de audio) e de tags.

    O Handbrake é minha ferramenta favorita para conversão de vídeos.

    O MOC o player para o terminal e o Pogo para o modo gráfico (infelizmente não no Funtoo), mas também uso o GmusicBrowser.

    Um abraço.

    Curtir

  2. eu usei AIMP como tocador. de fato,musicas, eu geralmente pego no pendrive, e toco em um tocador, vários. quando converto MP3, em geral é para fazer CD de audio mesm, para tocar no aparelho de som antigo, pq no linux, tudo toca: MP3, vorbis… Geralmente eu instalo vários tocadores (gosto de testar pacotes). Quando não reproduz com um reproduz com outro.
    Ultimamente, meu divertimento está sendo fazer filmes para assistir no meu aparelho DVD.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s